Prefeito de Jundiaí (SP) chama proposta do governo Lula de “Robin Hood”

 

Declaração sobre desoneração da folha de pagamento dos municípios foi dada durante entrevista ao “Broadcast TV”, da Agência Estado

 

Em recente entrevista ao “Broadcast TV”, da Agência Estado, o prefeito Luiz Fernando Machado (PL), da cidade de Jundiaí (SP), classificou de “Robin Hood” a proposta do Ministério da Fazenda de limitar a desoneração da folha de pagamento dos municípios a cidades com até 50 mil habitantes. De acordo com o projeto original, a medida valeria para localidades de até 156 mil habitantes.
O prefeito defende que a proposta do governo não leva em consideração os serviços prestados pelas cidades. Ele citou como exemplo o fato de um único hospital que dá vazão a 45% do atendimento de alta complexidade para toda a região ser de Jundiaí. E que, ao retirar recursos da cidade, o governo federal prejudicará a população de todos os municípios da região.

“É o grito do desespero que existe hoje no campo dos municípios com relação ao financiamento da política pública. As cidades pequenas, médias ou ricas são prestadoras de serviço”, diz o prefeito. “Essa lógica de tirar do mais rico para levar para o mais pobre, lógica do Robin Hood da política ou até mesmo da Federação, ela é errônea. Porque ela não leva em consideração o serviço prestado pela cidade”.

De acordo com Luiz Fernando Machado, o hospital de Jundiaí tem um orçamento acima de R$ 300 milhões, sendo que 80% desse custeio é dado pela própria cidade.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui