Presidente da Câmara Legislativa deixa base de governo

0
6

 

Celina Leão questiona participação de servidores ligados ao PT no GDF
A presidente da Câmara Legislativa do Distrito Federal, deputada Celina Leão (PDT), anunciou na sessão ordinária desta terça-feira (2) a decisão de deixar a base de apoio ao governador Rodrigo Rollemberg. “Eu quero ter a liberdade de estar descomprometida com qualquer projeto em que eu não acredite completamente”, afirmou.

A distrital frisou ter ido às ruas em apoio à campanha de Rollemberg, por acreditar no projeto do atual governador, mas questionou a manutenção de servidores ligados ao Partido dos Trabalhadores (PT) no governo. “A Casa Civil, que é central, mantém gestores do governo anterior, que foi reprovado”, citou. Ela defendeu um “choque de gestão” por parte de Rollemberg.

O deputado Wasny de Roure (PT) negou haver indicações de deputados do partido para cargos de comando do governo. E ainda destacou: “O PT tem dado uma contribuição invejável nesta Casa, participando da votação da maioria dos projetos do Executivo”. Ao final de sua fala, Wasny cobrou clareza por parte da presidente ao acusar a presença do PT no governo.

Em resposta, Celina disse haver 56 nomes indicados pelo ex-chefe da Casa Civil, Swedenberger Barbosa, no “coração do GDF”. Para o deputado Ricardo Vale (PT), secretário-geral do partido no DF, esses servidores foram mantidos por decisão do próprio governador. “A posição do PT é de oposição; em assembleia ficou decidido que nenhum filiado deveria ficar no governo”, completou.

O deputado Raimundo Ribeiro (PSDB) parabenizou a deputada pela “coragem de demonstrar lealdade a um projeto político”. “O governo anterior foi reprovado com todas as pessoas que estavam atuando. Não se sabe por que o governo manteve algumas pessoas”, concordou.

A atitude da presidente da Casa também foi elogiada pelo deputado Joe Valle (PDT), que destacou a coerência política da distrital. Valle, que continua na base governista, ressaltou que o PDT precisa discutir internamente a sua relação com o governador Rodrigo Rollemberg, “de forma madura e equilibrada”.

 

 

Fonte: CLDF

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui