PRESIDENTE DA CODEPLAN AFASTA PESSOAS QUE ESTAVAM COMPROMETIDOS COM ESQUEMAS PASSADOS

4
14
O Blog recebeu  do presidente da Codeplan, Miguel Lucena, que é delegado e jornalista (e nada tem a ver com aquela família dona da Linknet), uma nota esclarecedora. E ainda, por telefone, alegou que é preciso sim, cercar-se de outros agentes da lei para colocar ordem na Codeplan e inibir ações criminosas de gente que estava acostumada ao peculato. Confira a nota:
Prezado Donny Silva,
 
No esforço de revitalizar e reconstruir a Companhia de Planejamento do Distrito Federal (Codeplan), adotamos, em duas semanas de trabalho, medidas que certamente desagradaram algumas pessoas acostumadas a usar a empresa como meio de vida fácil.
Em primeiro lugar, afastamos ocupantes de empregos comissionados que ou estavam comprometidos com esquemas passados ou não desempenhavam suas funções a contento, sendo que alguns sequer compareciam ao trabalho.
Dos 21 cargos comissionados vagos, nove foram destinados a funcionários da carreira, numa política de valorização e estímulo à prata da casa, modificando práticas passadas que reservavam aos empregados efetivos as gratificações mais baixas.
Alguns delegados e agentes trazidos para reforçar o trabalho de saneamento da casa foram escolhidos com base na formação específica de cada um – bacharéis em Direito, contadores, pedagogos e economistas – e por necessidade de proteção aos diretores diante das decisões que estão sendo tomadas no âmbito da companhia, contrariando poderosos interesses.
Revisando contratos milionários e suspendendo licitações que beiram a casa dos bilhões de reais, não embarcarei no canto da sereia de quem teima em não largar o que pertence ao povo para ficar desprevenido à mercê de elementos capazes de praticar maldades e todo tipo de indignidade.
 
Atenciosamente,
 
MIGUEL LUCENA
Presidente da Codeplan

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui