Presidente Michel Temer

0
9

Preste bem atenção no discurso de Michel Temer, próximo presidente da República, na convenção do PMDB que ocorreu neste sábado (12), após divulgar a “Carta de Brasília”.  A maioria peemedebista quer a ruptura imediata  com o governo de Dilma Rousseff. Ficou decidido na convenção de hoje, que os peemedebistas terão trinta dias para deixar o governo petista. O motivo? Evitar que o presidente do Senado, Renan Calheiros, atrapalhe o PMDB defendendo Dilma e articulando contra o impeachment. Mas uma coisa ficou certa: nenhum ministro do PMDB defendeu Dilma e o partido de Michel Temer reiterou apoio às investigações da  Lava Jato.

micheltemer

 

 

 

 

 

“A hora é de construir pontes e é o que o PMDB está e estará fazendo. Sairemos daqui hoje todos nós unidos em torno de um sentimento nobre, de um ideal, em nome dos brasileiros, para resgatar os valores da nossa República e reencontrar a via do crescimento econômico e do desenvolvimento social.”

Acabou a era PT e o desastrado, mentiroso e enganoso governo de Dilma Rousseff. Graças a Deus!

 

 

 

Fonte: Donny Silva

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui