MAIS
    HomeDistrito FederalPrimeiro bebê nascido em 2024 no HRSM chegou ao mundo 1h27

    Primeiro bebê nascido em 2024 no HRSM chegou ao mundo 1h27

     

    Um pouco apressado, Havi Neres dos Santos, nasceu com 37 semanas de gestação
    Jurana Lopes​
    A chegada de um novo ano por si só já renova esperanças e traz sentimentos positivos à tona. Somado a isso, o nascimento de um filho com certeza torna o Ano Novo ainda mais mágico e especial, repleto de amor, alegria e felicidade.
    Para Ana Clara dos Santos, de 19 anos, de agora em diante o Ano Novo ganhou mais um significado, a chegada do filho Havi Neres dos Santos. O garotinho nasceu no dia 1º de janeiro de 2024, às 1h27, pesando 3.300kg e medindo 49cm após uma cesariana.
    Havi foi o primeiro bebê a nascer no Hospital Regional de Santa Maria (HRSM). Ana Clara estava de 37 semanas e achava que só conheceria seu filho lá pelo dia 14 de janeiro, data prevista do parto.
    “Minha bolsa estourou no dia 30, cheguei no hospital e começaram a induzir o parto normal. Achei que ele nasceria dia 31”, relata. Mas como o bebê estava muito alto demorou para descer e chegar na parte expulsiva do parto. Porém, devido à posição da cabeça do bebê, mesmo com todo o empenho e ajuda da equipe médica, não tinha como ele nascer de parto normal. Então, preparam Ana Clara para a cesárea e Havi chegou ao mundo super bem e saudável.
    Para a mãe de primeira viagem, nem passou por sua cabeça que o filho fosse nascer em plena virada do ano. “Eu já estava muito ansiosa, é meu primeiro filho. Agora, estou super feliz em tê-lo nos meus braços bem e com saúde. O Ano Novo agora tem um novo significado pra mim e pra toda a família com a chegada do Havi”, afirma emocionada.
    Coincidentemente, o segundo bebê a nascer no HRSM também é um menino e se chama Ravi Matos de Oliveira. Ele nasceu de parto normal às 12h43 do dia 1º de janeiro de 2024, pesando 2.550kg e medindo 45cm.
    Apesar do susto de ter nascido prematuro, o bebê e a mãe, Nathaly de Paula Matos, 22 anos, estão super bem. O parto foi induzido e o trabalho de parto, segundo Nathaly foi mais rápido do que ela imaginou.
    “Planejamos passar o ano novo de outra forma, mas este foi o melhor presente que já recebi. Minha bolsa estourou no dia 30 e decidimos vir logo, pois eu estava de 35 semanas e poderia ser arriscado”, conta.
    Moradora de Cristalina-GO, ela veio com o esposo, Gustavo de Oliveira, 23 anos, para o Hospital Regional de Santa Maria. Já passado o susto inicial, o casal está radiante com a chegada do primogênito.

    “Estamos muito felizes e realizados. Agora, além de comemorar o Ano Novo, sempre terá festa para comemorar o aniversário do Ravi”, afirma o pai.

    LEAVE A REPLY

    Please enter your comment!
    Please enter your name here

    Deve ler

    spot_img