Professor dá dicas para quem pretende fazer o concurso da PMDF

0
23

 

Com foco e disciplina dá tempo de se preparar

Após o anúncio da Polícia Militar do Distrito Federal sobre a contratação de uma empresa para realizar um concurso com 2.024 vagas, a partir de outubro, os concursandos que almejam a carreira policial precisam dar uma reforçada nos estudos. Serão 500 vagas para soldado combatente, seis para músico e 18 para soldado especialista corneteiro. E ainda, 1,5 mil aprovados entrarão no cadastro de reserva para soldados combatentes e chamados a substituir os profissionais transferidos para funções administrativas e operacionais da PM.

O edital será elaborado após a escolha da empresa que realizará o processo seletivo, com cinco etapas. A primeira inclui prova objetiva e redação, aplicadas a todos os candidatos. Em seguida, são realizados teste de aptidão física, avaliação de exames médicos, psicológicos, investigação da vida pregressa e social do candidato e por fim, para os que se inscreverem para a vaga de especialista, será aplicada prova prática instrumental de música.

Segundo o coordenador das turmas da PMDF no IMP Concursos, professor Leandro Antunes, este certame vale a pena, pois o aprovado entrará numa das mais “respeitadas e preparadas Corporações Policiais do Brasil”. A expectativa é de que pelos menos 28 mil candidatos se inscrevam. E é por isso que o professor afirma que a preparação precisa começar o quanto antes. “Se o aluno iniciar os estudos agora com disciplina e esforço, ainda consegue se preparar bem para este concurso”, garante.

Ele ensina ainda o método de estudos que passa para os alunos. “Aconselho os concursandos a estudarem todas as disciplinas – um pouco de cada – com a teoria e com exercícios”, explica. E para finalizar, Leandro aconselha: “Se você vai fazer concurso, se prepare com dedicação e perseverança até a posse na Corporação pretendida, sem esquecer que os concursos de carreiras policiais possuem 5 fases eliminatórias”, finaliza.