PROFESSORES ACUSAM DIRETOR

2
12
Professores que trabalharam na campanha vitoriosa de Agnelo Queiroz ao Governo do Distrito Federal acusam o diretor regional de ensino de São Sebastião, Alcyr Borges Moreira, de perseguir os correligionários, especialmente as professoras Valéria e Marilene, com larga folha de serviços prestados à educação.
Comenta-se também que o diretor não está satisfeito com a função que lhe foi designada pelo deputado Paulo Tadeu, pois gostaria mesmo era de ser administrador de São Sebastião, cargo que hoje está na cota do deputado Agaciel Maia.
Um grupo de professores vai procurar  o deputado Magno Malta com a denúncia de que o diretor de ensino já esteve implicado em suspeitas de pedofilia nas escolas da região.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui