Projeto Kombo Arte celebra Dia Nacional da Consciência Negra com programação cultural

O projeto que teve início em junho e ofereceu oficinas gratuitas para alunos da rede pública do Itapuã, celebra a conclusão das atividades com show do grupo Batukenje

Após cinco meses de duração, no próximo sábado, 18/11, o projeto Kombo Arte Afro abre as portas da Escola Classe 01, do Itapoã, para comunidade e alunos participarem de uma programação especial. As atividades, que começam a partir das 9h, celebram o Dia da Consciência Negra, comemorado nacionalmente em 20/11, e a conclusão das oficinas oferecidas gratuitamente aos estudantes da rede pública de ensino. Apresentações de capoeira, percussão, mostra de artesanatos e show do tradicional grupo Batukenje fazem parte do evento de encerramento.

A 4ª edição do projeto, que conta com recursos do Fundo de Apoio à Cultura do Distrito Federal (FAC-DF), começou em junho de 2023, oferecendo diversas aulas, uma vez por semana, e alcançou crianças e jovens de 7 a 12 anos. Há mais de dez anos o Kombo Arte Afro tem como foco central o enaltecimento da cultura afro-brasileira por meio da música, da dança e da arte. Na edição deste ano, não foi diferente, oficinas gratuitas, idealizadas pelo diretor artístico Celio Zidorio, conhecido como Celin du Batuk e ofertadas por um time de peso, trouxeram mais diversidade para o cotidiano dos estudantes.

Arte, percussão e capoeira 

  Durante os meses em que o projeto se desenvolveu, os alunos tiveram a oportunidade de aprender, na prática, com importantes referências do cenário cultural do DF. As oficinas de percussão foram comandadas pelo Mestre Celin. As aulas abordaram ritmos como sambareggae, Ijexá e xote.

No curso de artesanato, a arte-educadora Rosangela Rodrigues ensinou a confeccionar diversas peças e acessórios com material reutilizável, trazendo como inspiração as formas, estampas e cores típicas das culturas de matrizes africanas.

As aulas de capoeira, conduzidas pelo professor Paulo Roberto Simpatia, ensinaram sobre os golpes, as gingas, as músicas e os instrumentos dessa expressão cultural tão simbólica.

 “Com a finalização desta 4ª edição do Kombo Arte Afro o sentimento é de realização: cumprimos o objetivo de aproximar os alunos das expressões culturais afro-brasileiras de maneira inclusiva, acessível e, principalmente, divertida, trazendo conhecimento e contribuindo para a quebra do preconceito e da intolerância”, ressalta Celin.

 Confira programação completa: 

  • Abertura com apresentação do projeto e agradecimentos;
  • Mostra do artesanato produzido pelos alunos;
  • Roda de capoeira com os alunos do projeto
  • Apresentação da percussão com os estudantes
  • Entrega dos certificados
  • Encerramento com show do grupo Batukenje

Data: 18 de novembro (sábado)

Horário: a partir das 9h

Local: Escola Classe 01 do Itapoã

Página: @komboarteafro  e @batukenje

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui