Recurso Sinpol irá recorrer de decisão judicial sobre movimento paredista da categoria

0
10
 

Foi publicada decisão da 1ª Turma Cível do Tribunal de Justiça do DF e Territórios (TJDFT) que considerou a greve iniciada em 18 de outubro 2011 ilegal. Porém, o Sinpol irá recorrer a tribunais superiores e o presidente da entidade, Ciro de Freitas está confiante: “Temos o direito de greve por sermos servidores públicos, assegurado pela Constituição Federal e cumprimos fielmente todas as decisões judiciais sobre este tema. Além disso, os serviços prestados à população não foram interrompidos na sua plenitude, portanto, acreditamos nos Tribunais Superiores para que esta sentença seja revista”. Leia mais

Fonte: Sinpol

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui