RORIZ DIZ QUE ADVOGADO O PROCUROU EM SUA CASA

0
10
DA COLUNA CLÁUDIO HUMBERTO
Roriz diz que advogado o procurou em sua casa

O candidato do PSC ao governo do DF, Joaquim Roriz, afirmou ontem a esta coluna haver recebido em sua casa, por duas vezes, o advogado Adriano Borges, genro do ministro Carlos Ayres Britto, do Supremo Tribunal Federal, que se ofereceu para atuar em sua defesa na Justiça Eleitoral. Na ocasião, o ministro Ayres Britto já não integrava o Tribunal Superior Eleitoral e a defesa rorizista ainda não havia recorrido ao STF.

Duas visitas

As visitas de Adriano Borges datam de 28 de agosto e 3 de setembro, bem antes de Ayres Britto assumir a relatoria do caso Roriz no STF.

Circuito interno

Segundo Joaquim Roriz, as visitas de Adriano Borges à sua casa podem ser comprovadas pelas imagens do circuito interno de tevê.

O xis da questão

A presença do genro e a filha na defesa de Roriz impediria Ayres Britto – que defende a Lei Ficha Limpa – de julgar o caso, do qual é relator.

Independência

Magistrado honrado e rigoroso e alheio a tudo isso, Ayres Brito até já decidiu em desfavor de Roriz, que tentou anular a impugnação no TSE.

E-mails revelam advogado envolvido com Roriz

Eládio Carneiro, advogado da coligação de Joaquim Roriz, diz que Adriano Borges ofereceu seu escritório – onde trabalha Adriele Britto, sua mulher e filha de Ayres Brito – para atuar no âmbito eleitoral. Dois e-mails de Adriano a Eládio, datados do dia 1º, em poder da coluna, revelam seu envolvimento na defesa de Roriz: informa os dados para a procuração do casal, comunica que a equipe está “montada e pronta para iniciar o trabalho” e pede reunião para “explicar a estratégia”.

Honorários elevados

A contratação do escritório de Adriano Borges só não foi concretizada, diz Eládio Carneiro, porque ele pediu honorários demasiado elevados.

A iniciativa

Pedro Gordilho e Alberto Pavie Ribeiro, advogados de Roriz, confirmam Eládio Carneiro: foi de Adriano “a iniciativa de estabelecer contatos”.

Consulta

Adriano Borges disse a esta coluna ter sido apenas consultado para atuar no caso. Foi também o que contou ao sogro e reafirmou em nota.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui