RORIZ É CANDIDATO AO GOVERNO COM APOIO DE 8 PARTIDOS

3
14

O ex-governador Joaquim Roriz foi indicado candidato ao Governo do Distrito Federal pelo Partido Social Cristão (PSC) numa chapa formada por oito partidos (PSC/PR/PSDB/PMN/PSDC/PTdoB/PRTB/PTS) que tem como vice-governador o deputado federal Jofran Frejat (PR) e candidata ao Senado a ex-governador Maria de Lourdes Abadia (PSDB). “No tapetão, não!” discursou Roriz, depois de ter sido aclamado, atacando seus adversários: “Eu confio na Justiça do meu país e se quiserem me derrotar terão de ir às ruas pedir votos porque no tapetão não ganham”, disse. Roriz foi aclamado por mais de cinco mil que estiveram em sua convenção no PSC e ovacionado nas convenções do PR e do PSDB que confirmaram a coligação com PSC e lançar Frejat e Abadia para compor a chapa majoritária. “Estou ao lado de homens e mulheres sérias, competentes, honradas”, discursou na convenção do PR e dos tucanos, referindo-se aos seus companheiros de campanha. “Vamos eleger Abadia a primeira senadora de Brasília”, conclamou. Em todos os momentos Roriz, nas três convenções, destacou a importância de ter ao seu lado homens e mulheres qualificadas para exercer os cargos aos quais se candidatam. Quanto ao PR, o ex-governador ressaltou que não existe nenhum político que não sonhe em ter o partido como parceiro. “Porque ele traz dignidade. Aqui não tem traidor. São pequenos detalhes que fazem a diferença”, esclareceu. Roriz também falou de ter a ex-governadora Maria Abadia como candidata à senadora, mostrando que ela está qualificada ao cargo. Ele lembrou que ela já foi secretária do Serviço Social, deputada distrital e federal, vice-governadora e governadora. “Portanto, ela é uma mulher que conhece os problemas do Distrito Federal e um dos seus primeiros trabalhos como política foi ajudar a erradicar a fome no DF. Ela tem compromisso com a cidade”, garantiu Roriz. E completou: “Ela vai ser a primeira mulher a ser senadora por Brasília”. Depois de governar por 14 anos o DF, Roriz diz que ainda sente vigor para trabalhar pelo Distrito Federal. “Sinto-me envergonhado por amar Brasília e ver o que o seu povo está passando. Quero voltar ao governo para servir, e não para ser servido”, destacou, lembrando que um dos problemas mais graves, atualmente, é a Saúde. “Por isso busquei aquele que sabe tratar da saúde do DF”, disse ele referindo-se ao seu vice, Jofran Frejat. Um momento em que o povo escutou com mais atenção ao discurso de Roriz, deixando de lado cornetas e apitos, foi quando ele falou que a oposição luta de todas as formas para impedi-lo de concorrer às eleições de outubro deste ano. “Me sinto realizado porque voltei para poder concorrer ao cargo novamente. Eu renunciei ao Senado para poder estar hoje aqui. Se apontarem um deslize meu, eu desisto da vida pública. Mas no tapetão eu não aceito. Quero servir ao povo humilde, por isso sou candidato ao governo do Distrito Federal”, garantiu Roriz. O presidente do PR, deputado Izalci Lucas comemorou a aliança. “Hoje é o início de uma grande vitória. Roriz foi sábio em trazer Frejat para sua chapa, para tirar a Saúde do DF da UTI. Estamos juntos numa grande aliança para melhorar a vida das pessoas do DF”, afirmou Izalci. Jofran Frejat disse que é preciso resgatar a auto-estima do povo de Brasília. “Vamos fazer uma nova Brasília, que hoje está tão machucada. Juntos, Roriz, o PR e outros partidos coligados, viemos para vencer e somos pessoas que temos compromisso com o Distrito Federal. Aqui é a capital de todos os brasileiros e vamos mostrar como se administra uma cidade”, prevê Frejat. O trabalho que Maria de Lourdes Abadia realizou na cidade em diferentes ocasiões foi ressaltado por todos os presidentes de partidos e correligionários. Mas ela ressaltou também a alegria de estar hoje como candidata ao Senado na chapa de Roriz. ”Temos hoje o Valério Neves do PSC, o Paco do PTdoB, o Caio Donato do PRTB, as Silvanas do PTS e do PSDC, a Jaqueline Roriz do PMN, e o Izalci do PR. Que outros venham se juntar a nós”, convidou a tucana. E completou: “não nos omitimos, não fugimos da raia para lutar por nossa Brasília. É como oferecer os nossos sonhos e coragem para declarar o nosso amor por Brasília”. Valério Neves, presidente regional do PSC falou da quantidade de militantes que prestigiou a convenção, e lembrou as palavras do ex-governador Joaquim Roriz, de que nada acontece por acaso. “Fizemos o evento desde as 9h, e o número de pessoas que passou por aqui não caberia no local não caberia no local se estivessem juntos no mesmo horário. Tudo isso de deve ao vigor da família Roriz e recebemos todos vocês com o coração aberto”, disse o presidente regional do partido diante de mais três mil pessoas que se dividiam entre os andares do Centro de Treinamento e Eventos (CET), da CNTC, na 902 Sul, onde do lado de fora se espalharam outras três mil pessoas que vieram prestigiar o evento.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui