Rosso assume protagonismo nacional e pode ser o nome mais forte do DF para o Buriti

0
23

Por Fred Lima

Pela primeira vez na história da política, um deputado federal do DF ganha notoriedade nacional ao presidir uma comissão de impeachment capaz de livrar ou levar a presidente Dilma Rousseff à forca.

Apesar de não ser o relator da comissão, Rogério Rosso (PSD-DF) é responsável pela condução dos trabalhos. Como presidente, tem grande importância para que o processo não seja maculado por ambas as partes, tanto da situação quanto da oposição.

Demonstrando tranquilidade e serenidade desde a instalação da comissão, Rosso tomou hoje (4) uma medida controversa: a aceitação da defesa da presidente Dilma feita pela Advocacia Geral da União (AGU). Os deputados de oposição alegam que a presidente não pode usar o Estado para se defender, enquanto seus aliados dizem que a Constituição garante defesa ao chefe da nação em caso de ser responsável por atos estranhos à sua função.

Independentemente do resultado, o deputado brasiliense assumiu protagonismo em um dos períodos mais críticos da política nacional. Os efeitos na política do DF podem ser imediatos para Rosso, caso apoie o impeachment na comissão e no plenário da Câmara dos Deputados, após apresentação do parecer pelo relator. Como Dilma anda muito mal no DF, Rosso conquistaria o voto de muitos daqueles que não votaram nele para a Câmara na última eleição.

Com o aumento do capital de votos, o deputado se tornaria o nome mais forte para assumir o Palácio do Buriti em 2018. Renato Santana, o vice do governador Rodrigo Rollemberg, do partido de Rosso, vive se bicando com o chefe do Buriti e discordando de vários rumos tomados até agora pela gestão do socialista.

Se for contra o impeachment, Rosso pode esquecer o Governo de Brasília. A questão é simples: Dilma sofre rejeição recorde na capital. A última pesquisa do Metrópoles/Dados, em dezembro passado, revela que 56,1% dos eleitores do DF querem a saída da presidente.

 

 

Fonte: Blog do Fred Lima

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui