Sandra Faraj votou contra o aumento das tarifas de ônibus e metrô

0
10

A Câmara Legislativa do Distrito Federal interrompeu o recesso parlamentar de janeiro para realizar sessão extraordinária nesta quinta-feira (12) e aprovar projeto de decreto legislativo que suspende o reajuste das passagens de ônibus e do metrô. Todos os 18 deputados presentes foram unânimes e votaram contrários ao aumento das tarifas.

“Pela população e pela manutenção dos empregos no comércio, voto sim!”, declarou a deputada distrital Sandra Faraj (Solidariedade). A parlamentar explicou que a preocupação dela está voltada às famílias e ao desemprego. “O setor produtivo tem sofrido muito com a crise econômica. Agora, com o aumento das passagens, os empresários estão pensando em demitir. E isto é péssimo! Pais e mães de família serão desempregados”, avaliou.

 

 

Fonte: Donny Silva