São Bernardo do Campo tem a 3ª maior dívida do Brasil

O prefeito Orlando Morando (PSDB) é um poço de contradição. Desde quando assumiu Prefeitura, o ex-corretor de imóveis de São Bernardo do Campo (SP) tornou o município no 3° maior devedor do Brasil.

A dívida cresceu 126,44% entre janeiro de 2017 e outubro de 2023, passando de R$ 1,48 bilhão para R$ 3,36 bilhões.

E entramos em ano eleitoral, e fica claro que, para emplacar seu sucessor, é bem provável que essa dívida aumente ainda mais.

“Quem acompanha meu trabalho sabe que tenho feito tudo que está ao meu alcance para evitar o endividamento do nosso município que impede nosso crescimento a longo prazo. Não podemos ficar a mercê de caprichos eleitoreiros, mesmo porque, São Bernardo continuará existindo ao fim dessa gestão contraditória e desastrosa. Que fique claro: continuarei fiscalizando o executivo municipal em 2024 para evitar uma tragédia ainda maior para o munícipe, uma vez que não podemos penalizar nossos moradores por causa de uma gestão marqueteira”, afirma o vereador Glauco Braido.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui