MAIS
    HomeDistrito FederalSaúde auxilia e atende carnavalescos em bloquinhos

    Saúde auxilia e atende carnavalescos em bloquinhos

    As comemorações do Carnaval do Distrito Federal estão muito animadas, com uma programação lotada de bloquinhos, festas e shows. Para garantir a assistência à população que aproveita as festas, o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) montou dois postos de pronto atendimento em locais estratégicos no coração de Brasília. Em funcionamento desde domingo (19), até às 19h desta segunda-feira (20), 17 pessoas foram atendidas.

    “Temos um processo de triagem e a pessoa pode passar pela nossa área de medicamentos ou ser encaminhada para as macas, para receber o atendimento dos enfermeiros ou médicos. Pode ser aplicado soro ou realizamos qualquer outro tratamento mais simples. Em casos mais graves, nós utilizamos este espaço para estabilizar o paciente e encaminhá-lo para o hospital de referência mais próximo”
    Larissa Michetti, médica coordenadora do posto do Parque da Cidade

    “O nosso objetivo é dar o suporte para que o Carnaval aconteça da melhor forma e garantir a segurança e o bem-estar dos foliões. A ideia é que as pessoas possam aproveitar a festa com tranquilidade, sabendo que têm um apoio de saúde em pontos centrais nas comemorações”, destaca o diretor do Samu-DF, Victor Arimatea.

    Cada posto, o primeiro localizado na Torre de TV e o outro no Estacionamento 12 do Parque da Cidade, conta com tendas de atendimento para receber e tratar casos de baixa e média gravidade. Além disso, um efetivo de cerca de 180 profissionais da saúde, entre enfermeiros, técnicos de enfermagem, médicos, técnicos de farmácia, condutores de viaturas e psicólogos, foi mobilizado para trabalhar durante os dias de funcionamento do serviço (19, 20 e 21).

    A bibliotecária Sandra Lima Leão, que levou um grupo de jovens para se divertir no Parque da Cidade, ficou feliz ao ver a tenda amarela do Samu logo na entrada do Estacionamento 12 | Fotos: Tony Winston/Agência Saúde-DF

    A coordenadora do posto do Parque da Cidade, a médica do Samu Larissa Michetti, relatou que a maioria dos atendimentos foi realizada em casos de intoxicação por consumo excessivo de álcool e pelo uso de drogas. “Temos um processo de triagem e a pessoa pode passar pela nossa área de medicamentos ou ser encaminhada para as macas, para receber o atendimento dos enfermeiros ou médicos. Pode ser aplicado soro ou realizamos qualquer outro tratamento mais simples. Em casos mais graves, nós utilizamos este espaço para estabilizar o paciente e encaminhá-lo para o hospital de referência mais próximo”, explica.

    A estrutura ainda possui ambulâncias e unidades de apoio a múltiplas vítimas disponíveis, para fazer a transferência e encaminhamento de pacientes em situações mais críticas para os hospitais.

    Tranquilidade para festejar

    O Bloco Baratona, que se reuniu na tarde, e o Bloco Raparigueiros, que saiu no domingo, foram duas das festas realizadas nas proximidades das tendas de pronto atendimento.

    A Baratona, um dos blocos que reuniu uma multidão, tinha perto uma das tendas de pronto atendimento| Foto: Tony Winston/Agência Saúde-DF

    Uma das foliãs, a bibliotecária Sandra Lima Leão, 45 anos, estava acompanhando a filha e amigos. Ela ficou feliz ao ver a tenda amarela do Samu logo na entrada do Estacionamento 12. Com um grupo de jovens para cuidar, ela disse que o serviço gera mais tranquilidade para aproveitar a tarde: “Em uma festa grande como essa, muitas pessoas acabam se excedendo. Alguns podem se machucar na brincadeira e é sempre bom saber que temos a quem procurar e pedir ajuda”.

    Já o estudante de engenharia Gustavo Friaça, 22 anos, estava com a namorada e os amigos para aproveitar seu primeiro bloquinho neste Carnaval. “É muito importante esse espaço, porque tem bastante gente circulando por aqui, muitos bebendo, às vezes o espaço fica apertado, então existem grandes chances de alguém se machucar”, disse. “E é ótimo para tranquilizar os pais de que estamos seguros e bem cuidados”, ainda brincou o jovem.

    Saúde na folia

    Para que os foliões aproveitem o feriado de carnaval, a Secretaria de Saúde preparou um esquema com diversos serviços.

    – As UPAs estão distribuindo, especialmente neste período de festas, preservativos de forma gratuita, para garantir que a população esteja segura de todas as maneiras.

    – As tendas do Samu estarão na Torre de TV e no Parque da Cidade para atender casos leves até amanhã (21). Além da tenda, o Samu está com equipe reforçada pelo número 192.

    – Em casos menos graves, o atendimento inicial deve ser preferencialmente nas unidades de pronto atendimento.

    – O Hospital Regional da Asa Norte (Hran) é o mais indicado para casos de maior gravidade. Ele referenciado para clínicas médicas, que trata de alcoolemia, diarreia, desidratação, infecções intestinais e pontos em pequenos cortes. Já para demandas de pediatria e ginecologia na região central, é recomendado o Hospital Materno-Infantil.

    Além disso, as equipes de saúde foram reforçadas para atender a demanda de carnaval. O Distrito Federal conta com 13 unidades de pronto atendimento e 13 hospitais com portas abertas de urgências/emergências. Os endereços podem ser consultados nos links https://igesdf.org.br/unidades/ e https://www.saude.df.gov.br/infos-hospitais.

    *Com informações da Secretaria de Saúde do DF

    The post Saúde auxilia e atende carnavalescos em bloquinhos appeared first on Agência Brasília.

    LEAVE A REPLY

    Please enter your comment!
    Please enter your name here

    Deve ler

    spot_img