MAIS
    HomeDistrito FederalSaúde prepara estratégias para feriado de Carnaval

    Saúde prepara estratégias para feriado de Carnaval

    Para que os foliões aproveitem o feriado de carnaval, a Secretaria de Saúde prepara esquema com reforço de equipes, tendas em local estratégico e distribuição de preservativo nas unidades de pronto atendimento (UPA 24h).

    Entre as estratégias programadas, as tendas do Samu instaladas na Torre de TV e no Parque da Cidade servirão como apoio à rede de saúde com condições de fazer atendimentos mais urgentes e característicos de festas populares como o Carnaval | Foto: Divulgação/Ascom Saúde

    Nos dias 19, 20 e 21, as tendas do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) estarão na Torre de TV e no Parque da Cidade para atender casos leves. Além da tenda, o Samu estará com equipe reforçada no período pelo número 192.

    Em casos de maior gravidade, a região central terá o serviço de urgência e emergência de politrauma, ortopedia e oftalmologia do Hospital de Base. “Se a pessoa estiver próxima e torcer o pé, por exemplo, deve ir para essa unidade”, afirma a coordenadora da Rede de Urgências e Emergências da Secretaria de Saúde, Thaís Braga.

    É necessária a prevenção nas relações sexuais, mas caso uma pessoa tenha o contato íntimo desprotegido deve buscar em até 72 horas a profilaxia pós-exposição (PEP), de hepatites, HIV e outras infecções sexualmente transmissíveis (ISTs). O atendimento está disponível em toda a rede de saúde

    O Hospital Regional da Asa Norte (Hran) é indicado para clínicas médicas, que trata de alcoolemia, diarreia, desidratação, infecções intestinais e pontos em pequenos cortes. Para demandas de pediatria e ginecologia na região central, é recomendado o Hospital Materno-Infantil.

    UPAs 24h

    A coordenadora destaca que o atendimento inicial deve ser preferencialmente nas unidades de pronto atendimento. As UPAs ainda vão distribuir preservativos masculinos e femininos – o que geralmente é feito pelas unidades básicas de saúde.

    Thaís Braga ressalta que é necessária a prevenção nas relações sexuais, mas caso uma pessoa tenha o contato íntimo desprotegido deve buscar em até 72 horas a profilaxia pós-exposição (PEP), de hepatites, HIV e outras infecções sexualmente transmissíveis (ISTs). O atendimento está disponível em toda a rede de saúde.

    As equipes de saúde serão reforçadas para atender a demanda de carnaval. O Distrito Federal conta com 13 unidades de pronto atendimento e 13 hospitais com portas abertas de urgências emergências, e os endereços podem ser consultados nos links https://igesdf.org.br/unidades/ e https://www.saude.df.gov.br/infos-hospitais.

    Cuidados na folia

    “A pessoa tem que atentar para quantidade e rapidez com que toma a bebida alcóolica”
    Camila Monteiro Damasceno, médica

    As ações da Saúde vão auxiliar quem buscar ajuda, mas a secretaria também alerta para os cuidados para evitar algum mal-estar. Até porque doenças como infecção intestinal, desidratação e ressaca podem atrapalhar a diversão de qualquer folião. Por isso, tenha em mente estratégias para evitar esses desgastes.

    “O principal cuidado antes de sair de casa é escolher uma roupa ou uma fantasia que seja leve e confortável”, alerta a Referência Técnica Distrital de Medicina da Família, a médica Camila Monteiro Damasceno. A profissional ainda destaca que é importante estar bem hidratado e dar preferência a comidas leves, ou seja, que não sejam gordurosas e de difícil digestão.

    Quem ingerir bebidas alcóolicas deve evitar misturar com energético e alternar o consumo do álcool com água, mantendo o corpo hidratado. “A pessoa tem que atentar para quantidade e rapidez com que toma a bebida alcóolica”, ressalta a médica.

    E fantasias?

    Os foliões que não abrem mão de muito brilho e glitter para aproveitar os dias de festa devem ficar atentos caso caia um pouco dos materiais nos olhos. Se isso acontecer, a recomendação é lavar bem o local apenas com água ou soro fisiológico.

    Outro cuidado é com o uso de pomadas ou ceras modeladoras para fazer tranças e penteados. “Esse produto fica no cabelo e com chuva ou suor pode escorrer e cair no olho, causando conjuntivite e até risco de cegueira”. A orientação é procurar o serviço de emergência oftalmológico o mais rápido possível.

    *Com informações da Secretaria de Saúde

     

    The post Saúde prepara estratégias para feriado de Carnaval appeared first on Agência Brasília.

    LEAVE A REPLY

    Please enter your comment!
    Please enter your name here

    Deve ler

    spot_img