Saúde realiza ação de combate à dengue em Planaltina

0
10
dengue

Agentes visitarão sete mil residências

Uma ação de combate |à dengue será realizada em Planaltina no próximo dia 10. O objetivo é retirar o lixo das casas para eliminar possíveis criadouros do mosquito. A previsão é que sete mil residências sejam visitadas.

A Regional de Saúde de Planaltina e o Grupo Executivo Intersetorial de Gestão de Prevenção e Controle da Dengue (Geiplandengue), intensificaram as atividades e ações contra a doença, com panfletagem nas áreas comerciais e residências. Os panfletos orientam a população sobre a limpeza das casas e quintais para evitar a dengue.

A partir de quinta-feira (06) até sábado (08), equipes entregarão panfletos, além de informar o local e a data de recolhimento do lixo. No sábado um carro de som divulgará pela cidade a ação.

Nas escolas públicas são veiculadas mensagens preventivas sobre a doença. Os estudantes também receberão um Kit didático com informações sobre as formas de transmissão e quais os cuidados para evitar a dengue.

No mês de janeiro, segundo dados da Vigilância Epidemiológica de Planaltina, foram notificados 188 casos de dengue na região administrativa, e 69 confirmados.

A coordenadora-geral de saúde de Planaltina, Mônica Rocha Rodrigues, relata que a mobilização foi decidida a fim de disseminar a importância da prevenção da doença. Para que alcance o maior número de pessoas, serão realizados mutirões de limpeza e visitas casa a casa, por profissionais da Secretaria de Saúde, Administração Regional de Planaltina, SLU, Regional de Ensino, bombeiros, agentes de Vigilância Ambiental e agentes comunitários.

Focos – “Já realizamos ações de prevenção à dengue anteriormente, visitando as residências, distribuindo folhetos e informando como combater a doença. Decidimos que o mais eficaz é que os profissionais de saúde entrem nas casas, identifiquem os focos e esperem que os moradores retirem o lixo e objetos de prováveis criadouros – como pneus, latas e vasos de plantas – para que sejam recolhidos pelo Serviço de Limpeza Urbana”, explica.

Mônica complementa que o GIPlanDengue – grupo formado por todos os parceiros da campanha – está realizando reuniões com lideranças comunitárias das regiões onde serão realizadas as ações. “A proposta é sensibilizar as famílias para que permitam a entrada dos profissionais de saúde em suas casas. É preciso agora uma atitude mais enérgica para que possamos vencer a doença”, diz.

A coordenadora ressalta que a ideia é agir preventivamente. “Para combater a dengue, precisamos contar com a participação da população. É fundamental que as pessoas colaborem para evitarmos mais casos”, conclui.

Por Tatiane Gomes, da Agência Saúde DF

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui