SE AGNELO NÃO MEXER, FILIPPELLI VAI CRESCER E APARECER

10
13

No DF, o governador Agnelo Queiroz (PT) está prestes a completar 100 dias de governo, que ainda derrapa. A grande culpa é do núcleo próximo ao ex-comunista que virou petista. O chefe de Gabinente, Cláudio Monteiro, e o secretário de Governo, Paulo Tadeu, ainda não sabem o que fazem por lá. As reclamações são muitas, inclusive de sindicatos. Sem falar nos interlocutores do governo junto aos distritais. E o que tem de incêndio neste novo governo, não é brincadeira, só que os principais auxiliares preferem apagar com querosene, ao invés de água. E na Câmara Legislativa, o distrital Chico Vigilante (PT) faz com reconhecido mérito, o papel de “Nero”: Tá botando fogo em tudo, e inclusive corre risco de se queimar e levar junto o governo que ajudou eleger. É preciso cortar na carne, Agnelo, para que seu governo sobreviva até 2014. Enquanto isso,  o vice Filippelli assiste a tudo em completo silêncio, já de olho nas pesquisas para 2014. O PT sabe disso, mas Agnelo ainda não percebe.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui