SECRETARIA DE SAÚDE GASTA CINCO VEZES MAIS COM CONVÊNIOS DO QUE EM INVESTIMENTOS

0
6
O GDF continua trabalhando de forma equivocada. A secretaria de Saúde tem uma administração sofrível e marombeira. Os valores investidos pelo GDF na Saúde este ano, somaram cerca de R$ 12,8 milhões, enquanto que o valor repassado durante o mesmo período para a Real Sociedade Espanhola para administrar o Hospital de Santa Maria, foi de R$ 14,4 milhões. Mas as comparações são ainda mais conflitantes. Se somarmos os recursos repassados pelo GDF à Real Sociedade, à clínicas particulares de hemodiálise e aos convênios com hospitais particulares, os valores ultrapassam os R$ 61 milhões. Ou seja, cinco vezes mais do que o investido na construção e reformas de hospitais e postos de saúde, compra de equipamentos e manutenção da rede pública no DF. Os valores mais altos são os repassados a hospitais particulares – R$ 33,1 milhões. Os contratos são para atendimentos a pacientes que a rede pública não consegue realizar e, por lei, não pode deixar de oferecer. Só o Hospital das Clínicas de Brasília (HCB) recebeu R$ 7,8 milhões até agosto deste ano. Prontonorte e Santa Helena receberam, cada um, cerca de R$ 6 milhões. Outros seis hospitais também entraram na lista: Santa Maria, Anchieta, Instituto do Coração, Instituto Médico do Lago Sul, São Lucas, Santa Luzia e Santa Lúcia. E o governador Arruda, que apregoa aos quatro ventos que é ético e seu governo gosta da legalidade, parece não ser não ético assim no quesito investigar falcatruas na secretaria de Saúde, ao ter impedido a instalação da CPI da Saúde na Câmara Legislativa do DF, para apurar denúncias envolvendo a pasta de Augusto Carvalho. Por outro lado, uma fonte afirmou que existe a informação de que alguns membros do Ministério Público estão quietos porque tem parentes contratados pelo GDF em cargos comissionados. Com tantos escândalos, é de se estranhar a ausência do MP, no governo do DEM, em questionar e punir os responsáveis por peculato, formação de quadrilha, contratos irregulares, entre outros crimes. Enquanto isso, o povo sofre nas portas dos hospitais públicos do DF. O levantamento é do site Orçamento Transparente – http://www.orcamentotransparente.com.br/

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui