SEGUNDO TEMPO – A VOLTA DO DENUNCIANTE

5
7

O ex-funcionário do Instituto Novo Horizonte, ONG que deveria oferecer cursos para crianças pobres, Michael Vieira da Silva, foi visto ontem  à tarde em Brasília acompanhado por policiais. Ele ficou conhecido na campanha eleitoral do DF quando apareceu no programa da candidata Weslian Roriz (PSC) acusando o então candidato petista Agnelo Queiroz de um suposto envolvimento em um esquema de corrupção no Ministério dos Esportes. O hoje governador do DF, Agnelo Queiroz, sempre negou qualquer envolvimento.

Principal testemunha do caso de desvio de recursos públicos do Projeto Segundo Tempo, do Ministério dos Esportes, Michael Alexandre Vieira da Silva (foto), estava no Acre.  Ele fugiu do programa de proteção à testemunha e esteve em Brasília para gravar detalhes do esquema que envolveria  Agnelo Queiroz, então candidato do PT ao Governo do Distrito Federal (DF), acusado pela Policia Civil do DF de receber R$ 256 mil do Ministério do Esporte.

E a tia de Michael, que apareceu no programa de Agnelo ‘detonando’ o próprio sobrinho, anda se queixando de “acordo” não cumprido…

(Com informações de Carlos Honorato)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui