MAIS
    HomeNotasSegurar espirro pode romper aneurisma, alerta neurocirurgião

    Segurar espirro pode romper aneurisma, alerta neurocirurgião

    Entenda por que o hábito é considerado prejudicial para saúde
    Você é daqueles que segura o espirro? Esse hábito pode causar sérios prejuízos. Ao espirrar há um aumento significativo do fluxo de ar em alta velocidade na região intranasal, aumentando a pressão dentro do crânio. Então, se a pessoa tiver alguma veia ou artéria mais frágil, como um aneurisma cerebral ou malformação vascular, pode levar até mesmo a um AVC (Acidente Vascular Cerebral). É uma situação rara, mas pode acontecer.
    O neurocirurgião Victor Hugo Espíndola explica que o espirro é um estímulo normal e de defesa do organismo. Quando a pessoa inala fumaça, pó ou até vírus ou bactéria, ela vai expelir essa substância. “A principal intenção do espirro é a de eliminar secreções e agentes agressores do corpo. Quando seguramos um espirro, toda a pressão gerada por esse fluxo de ar de alta velocidade, que deveria ser expelida, é travada e internalizada no corpo, aumentando a pressão intracraniana.”
    De acordo com o médico, não há formas de evitar um espirro. Por isso, a recomendação é sempre deixar fluir naturalmente. “Caso a pessoa tenha alguma condição que leva à fragilização das veias e/ou artérias, como um aneurisma, por exemplo, há chances de haver  o rompimento dos vasos sanguíneos mais frágeis e ocorrer até mesmo um AVC”, alerta o neurocirurgião.
    A orientação do médico é nunca prender. “Na hora do espirro, cubra as vias aéreas com um lenço, ou até mesmo seu antebraço, mas jamais segure seu espirro”, reforça o especialista. Além disso, após espirrar é muito importante lavar as mãos ou usar o álcool em gel.

    LEAVE A REPLY

    Please enter your comment!
    Please enter your name here

    Deve ler

    spot_img