Sejus no Fórum Mundial de Direitos Humanos

0
6
 

O Fórum Mundial de Direitos Humanos, que acontecerá em Brasília, de 10 a 13 de dezembro, será realizado no Centro Internacional de Convenções do Brasil (CICB), localizado no setor de Clubes Esportivos Sul – SCES, trecho 2 conjunto 63, lote 50.

 

Programação da SEJUS confirmada no FMDH:

 

1)Enfrentamento ao Tráfico de Pessoas no Distrito Federal – data: 11/12. Horário: 10h às 12h, sala: 409 – capacidade: 80 pessoas.

A equipe do Núcleo de Enfrentamento ao Tráfico de Pessoas, da Subsecretaria de Promoção dos Direitos Humanos da Sejus/DF, propõe um diálogo com o público presente ao Fórum sobre o tráfico de pessoas por meio de ações de prevenção e divulgação sobre a temática.

 

2) O plano Viver sem Limite do Distrito Federal – data: 11/12. Horário: 10h às 12h, sala: 110 – capacidade: 70 a 80 pessoas.

Oficina temática sobre o plano Viver Sem Limite.

As mudanças para a superação de limites serão validadas quando equipararmos oportunidades entre pessoas com e sem deficiência.  Os limites não estão definidos pela condição de cada pessoa, mas pela sociedade: barreiras físicas e atitudinais.

 

3) Internação compulsória na dependência química – data: 11/12. Horário: 14h às 16h, sala: 106 – capacidade: 200 pessoas.

Mesa-redonda com especialistas no tema da internação compulsória.

 

4) Arma não é brinquedo – data 11/12. Horário: 18h às 20h, sala: 125 – capacidade: 80 pessoas.

Palestra sobre a campanha Arma não é Brinquedo com a proposta de espraiar a campanha pelo país como forma de prevenção à violência e dar visibilidade ao tema social da Copa do Mundo.

 

5) Por que Pró-Vítima – data: 12/12. Horário: 18h às 20h, sala: 117 – capacidade: 80 pessoas.

Palestra com a equipe da Subsecretaria do Pró-Vítima e discussão sobre a previsão Constitucional, artigo 245, de atendimento especializado às vítimas de violência.

O Pró-Vítima, programa de assistência multidisciplinar a vítimas de violência da Secretaria de Justiça, Direitos Humanos e Cidadania do Distrito Federal, tem como premissa básica promover o pleno exercício da cidadania e da defesa do direito à vida, consagrado na Constituição Brasileira de 1988. Realizado pela Subsecretaria de Proteção às Vítimas de Violência, criada em março de 2009, o programa objetiva dar visibilidade aos direitos dos cidadãos atingidos direta ou indiretamente por crimes violentos, a partir do atendimento multidisciplinar às vítimas e a seus familiares.

 

6) Participação na Feira Solidária do FMDH. A Subsecretaria de Políticas Sobre Drogas (Subad) levará o trabalho produzidos nas comunidades terapêuticas conveniadas, para serem comercializados durante o evento.

 

INSCRIÇÕES PELO SITE www.fmdh.sdh.gov.br

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui