Senador Flávio Bolsonaro pede destituição de Renan

0
17
Foto: Sérgio Lima/PODER 360
O senador Flávio Bolsonaro pediu a destituição do relator da CPI da Covid e disse que, além de deixar depoimento de médicos pró-tratamento precoce,  Renan Calheiros votou contra a convocação de Carlos Gabas para proteger o filho que é governador de Alagoas.
“A postura de hoje, de se levantar, é um desrespeito não só às pessoas, mas ao Senado. É a constatação, o carimbo na testa de que não tem a menor possibilidade de continuar. Não atende a um requisito básico de alguém que tem que compor o relatório. Claramente ele não respeita o contraditório”, afirmou.

 

Ele ainda disse que Renan Calheiros deve ser impedido por ter votado contra um requerimento para convocar o ex-ministro Carlos Gabas, ex-secretário do Consórcio Nordeste.

“Comprovadamente fez uma compra fraudulenta. Gastou R$ 48 milhões para comprar respiradores de uma empresa fantasma e que não entregou os respiradores. Está constatado, está evidenciado, é um crime que a CPI, em sua grande maioria, estar interessada em investigar. Mas Renan Calheiros, para proteger seu filho… Dando a prova concreta de que está impedido de exercer essa função”, afirmou.

É corrupto protegendo corrupto? Essa CPI é um grande circo mesmo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui