SES/DF: Uma incógnita chamada Eliene Berg

0
82

Por Fred Lima

Desde quando chegou ao Governo de Brasília, a secretária-adjunta de Saúde, Eliene Ancelmo Berg, vem demonstrando insatisfações com as medidas tomadas na pasta. Com Fábio Gondim, Eliene reclamava que não era ouvida, de acordo com fontes próximas a ela. Oficialmente, a adjunta negava, mas nos bastidores a conversa era outra.

Nos seus últimos dias à frente da SES, Gondim afirmou a este blogueiro que não descartava que sua adjunta estaria insatisfeita – de fato, o tempo é o senhor da razão! –, pois em outubro passado, tanto ele quanto Eliene emitiram uma nota para desmentir este Blog, que afirmou que a número 2 da Saúde pensava em sair e estava sendo convencida a abdicar da ideia pelo seu padrinho político, o vice-governador Renato Santana.

Quando começaram os rumores de que Fábio Gondim poderia estar com os dias contados no comando da Saúde, Eliene chegou a sonhar com a titularidade da secretaria. Contudo, logo fizeram chegar aos ouvidos do governador Rodrigo Rollemberg que a adjunta não tinha jogo de cintura e firmeza para assumir a pasta. Resumindo: Eliene não é boa de gestão, característica indispensável para o chefe do Buriti, que quer implantar as Organizações Sociais (OSs).

Agora, com Humberto Fonseca como secretário, a permanência de Eliene é uma incógnita das grandes. Apesar de dizer que conta com a adjunta, o secretário de Saúde quer trazer pessoas de confiança, e ter como auxiliar uma secretária que reclamava nos bastidores da forma de trabalho de seu antecessor, pode não ser uma boa ideia. Gera desconfiança.

O entrave é Renato Santana. Caso contrário, Eliene já teria saído há tempos. Rollemberg teme acirrar mais ainda os ânimos com seu vice, que andou tempos atrás fazendo críticas enigmáticas aos “tecnocratas” que vivem dentro da “bolha de gabinetes”, após a morte de sua cunhada, vítima de dengue hemorrágica. Alguns entenderam como uma crítica direta à Gondim.

As próximas semanas serão decisivas para Eliene Berg, a secretária-adjunta que diz uma coisa para pessoas próximas, mas oficialmente tem o costume de desmentir tudo radicalmente.

 

 

Fonte: Blog do Fred Lima

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui