Sóstenes deixa o PSD

0
13

Meu partido é o Brasil
Prezados Amigos,

Quando me propus a ser um candidato e vencer as eleições para deputado federal, o fiz porque creio que podemos ser a diferença, que no Congresso Nacional posso ser a voz de muitos brasileiros, que assim como eu estão inconformados com tanta injustiça, corrupção e incompetência deste governo, que há quase 13 anos vem assolando o país.

Meu posicionamento sempre foi claro: Meu compromisso é com o povo brasileiro e com as minhas convicções. Sou um parlamentar que luta e defende a vida, a família e os menos favorecidos. Não sou marionete, enfeite, muito menos levado por propostas e ofertas daqueles que só pensam no seu próprio interesse.

No último dia 15, fui à tribuna do Plenário da Câmara dos Deputados, e lá abri meu coração. Sou um parlamentar de primeiro mandato e minha primeira filiação foi a um partido que é base do governo, o PSD, mesmo assim em nenhum momento me curvei aos caprichos de um governo omisso e desleixado. Não me sentei à mesa para participar dos manjares oferecidos pelo PT.  Mantive-me firme, pois sei qual é a minha missão e a quem devo prestar contas: São os cerca de 105 mil eleitores que confiaram seu voto a mim, eles precisam que eu os represente de foram digna, independente e justa.
O povo e a constituição precisam ser respeitados, chega desse jogo de toma lá dá cá. O Impeachment é Legal, Constitucional e Democrático. Chega de ações recheadas de segundas intenções. É hora de sair de cima do muro, deixar as máscaras caírem. O que está em jogo é o futuro do país.

Hoje fui surpreendido ao chegar a reunião da bancada do PSD, pois o líder Rogério Rosso indicou os membros do PSD para compor comissão do impeachment, entre eles apenas um nome daqueles que comigo assinaram a chapa alternativa, e ainda o colocou como suplente.
O mais vergonhoso é que antes mesmo do fim das deliberações, o documento com nomes já havia sido definido e também já estava protocolado junto à secretaria da Câmara. Lamento a decisão do meu ex-líder, e do presidente do partido em exercício, Guilherme Campos, que liderados pelo Ministro Gilberto Kassab, tomou a decisão antes mesmo do término da reunião. Isso é totalmente antidemocrático!
Além disso, ao ver o ministro Kassab aplaudindo a posse de Lula, logo pela manhã em uma solenidade, me trouxe um sentimento de indignação. Tal atitude, mostrando que o PSD está dando sustentação ao desgoverno do PT. Eu não posso compactuar com isso.

Quero dizer aos brasileiros que continuarei firme, isso não me impede de ir à luta contra esse desgoverno. Minha bandeira é verde, amarela, azul e branca, meu partido é o Brasil.
Brasil vamos às ruas!!!!! Impeachment já!!!

 

Deputado Sóstenes

 

 

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui