MAIS
    HomeNotasSP: CONTRATOS DE PUBLICIDADE DO METRÔ SÃO ALVO DO TCE

    SP: CONTRATOS DE PUBLICIDADE DO METRÔ SÃO ALVO DO TCE

     deu na folha de s.paulo

    Contratos de publicidade do Metrô são alvo do TCE

     

    Parecer da área técnica recomenda anulação de parceria com agências de Duda e Nizan

    Técnicos afirmam que não houve detalhamento para justificar os gastos; Metrô, que já pagou R$ 63 mi, diz que não há irregularidades

    A área técnica do Tribunal de Contas do Estado de São Paulo concluiu que dois contratos assinados pelo Metrô em 2008 com agências de publicidade de Duda Mendonça e Nizan Guanaes, dois dos principais marqueteiros do país, são irregulares e devem ser anulados.

    O Metrô já pagou R$ 63 milhões às agências e nega que tenha havido ilegalidades.

    A recomendação consta de processos administrativos em tramitação no TCE, aos quais a Folha teve acesso. Eles estão sob a relatoria do conselheiro Renato Martins Costa, ainda sem previsão de julgamento.
    Neles, a 2ª Diretoria de Fiscalização e a Assessoria Técnica Jurídica do TCE concluíram “pela nulidade da licitação e do contrato” após constatarem irregularidades na concorrência.

    Baianos, Duda e Nizan já chefiaram o marketing das campanhas de Luiz Inácio Lula da Silva e José Serra, respectivamente, em 2002. Duda Mendonça é réu no processo do mensalão, acusado de lavagem de dinheiro e evasão de divisas.

    Os contratos foram assinados em outubro de 2008 com a Duda Mendonça & Associados Propaganda Ltda (R$ 14 milhões) e com a 3P Comunicações Ltda (hoje MPM Propaganda Ltda, por R$ 11 milhões), mas foram renovados duas vezes desde então. Expiram no fim do mês, mas podem ser prorrogados novamente. Assinante do jornal leia mais em: Contratos de publicidade do Metrô são alvo do TCE

    LEAVE A REPLY

    Please enter your comment!
    Please enter your name here

    Deve ler

    spot_img