STF JULGA HOJE RECURSO DE RORIZ CONTRA DECISÃO QUE NEGOU REGISTRO DE CANDIDATURA

0
8

 

O Supremo Tribunal Federal (STF) analisa na sessão plenária desta quarta-feira (22) o Recurso Extraordinário (RE 630147) interposto pelo candidato a governador do Distrito Federal Joaquim Roriz contra decisão do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). O RE questiona o posicionamento do TSE que, no último dia 31 de agosto, por maioria de votos (6×1), manteve a negativa do registro de candidatura a Roriz, considerado inelegível  pelo Tribunal Regional Eleitoral do DF. A sessão tem início às 14h e será transmitida ao vivo pela TV Justiça e pela Rádio Justiça.

Imprensa

Os jornalistas que realizarão a cobertura não precisam fazer credenciamento para acompanhar a sessão. O julgamento é aberto ao público em geral. No entanto, o número de assentos é limitado – a ocupação é por ordem de chegada. À disposição da imprensa haverá um espaço localizado no segundo andar do edifício-sede, com telão e alguns computadores com acesso à internet. Aos profissionais que fizerem uso de notebooks, é necessário entrar em contato com a Assessoria de Imprensa do STF, a fim de obter senha do sistema wifi.

Os repórteres-fotográficos terão acesso controlado ao Plenário. Devem se posicionar exclusivamente em tablado montado ao fundo do Plenário, de frente para a bancada dos ministros, não sendo permitido qualquer deslocamento lateral. O tempo de permanência desses profissionais poderá ser restrito, para revezamento.

Trajes

De acordo com normas internas do Tribunal, a entrada no Plenário requer o uso de traje social, sendo terno e gravata para homens, e vestidos de mangas e comprimento abaixo do joelho, tailleurs (saia abaixo do joelho e blazer), ou ternos (calça e blazer de manga comprida), para mulheres. Essa vestimenta será exigida dos profissionais que venham fazer a cobertura jornalística do evento. É proibida a entrada de pessoas calçando tênis, sandálias ou calçados estilo “sapatênis”, assim como trajando jeans.

Transmissão ao vivo

As sessões plenárias do Supremo são transmitidas ao vivo pela TV Justiça (canal 53-UHF, em Brasília; canal 64, em São Paulo, SKY, canal 117) e pela Rádio Justiça (104.7 FM, em Brasília), inclusive pela internet. Outra maneira de acompanhar o julgamento é por meio do Portal de Notícias do STF, alimentado com matérias jornalísticas produzidas pela Assessoria de Imprensa da Corte. As imagens da sessão de julgamento serão geradas exclusivamente pela TV Justiça e podem ser solicitadas à emissora.

Fonte: STF

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui