Tensão no Judiciário

0
72

O mundo jurídico brasileiro está tenso, muito tenso nos últimos dias. Afinal de contas, em sua delação premiada firmada com a Polícia Federal, o ex-governador do Rio de Janeiro, Sergio Cabral entregou vários escritórios de advocacia que teriam servido para intermediar o pagamento de propina a políticos e integrantes do Judiciário.

Algumas dessas bancas estão na lista de repasses da Fecomércio, na gestão de Orlando Diniz, vizinho e parceiro de Cabral em várias negociatas.

*Com informações de O Antagonista

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui