TERRACAP: Chefe da Auditoria avisou, mas Agnelo ignorou parecer contrário

1
35

indianapolisAgneloNo ano passado, o  governador Agnelo Queiroz viajou aos EUA acompanhado do então presidente Abdon Henrique e do diretor financeiro da TERRACAP para tratar do assunto da Formula Indy.

Na volta, o então chefe da Auditoria da TERRACAP, o auditor e advogado Anderson de Melo Silva fez um parecer contrário à proposta da empresa de patrocinar o evento da Indy em Brasília. Abdon Henrique ficou preocupado com o relatório e sendo pressionado por Agnelo e Cláudio Monteiro, acabou pedindo demissão do cargo. Em seu lugar assumiu Maruska Lima de Sousa Holanda, braço direito de Cláudio Monteiro, que imediatamente demitiu a equipe de Abdon.

Tão logo assumiu, Maruska quis  que mudasse o parecer, mas não conseguiu. O auditor de carreira, bastante conceituado na Secretaria de Fazenda, reafirmou que tal contrato traria imensos problemas aos signatários e pediu demissão, retornando ao órgão de origem.

Resultado: Estão sendo processados o ex-governador Agnelo Queiroz; contra a ex-presidente da Terracap, Maruska Lima de Sousa Holanda; o ex-secretário de publicidade institucional do GDF, André Duda; o ex-diretor financeiro da Terracap, Jorge Antônio Ferreira Braga; o ex-chefe da assessoria de comunicação empresa, Sandoval Santos; e o ex-advogado-geral da estatal, Deni Augusto Pereira.

Talvez por isso, ultimamente Cláudio Monteiro anda extremamente quieto e agora, preocupado.

 

 

Fonte: Donny Silva

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui