TRAIÇÕES… MUITAS TRAIÇÕES…

0
10
Na política local, já contemplamos exemplos nítidos de traição partidária. Mas nos últimos dias, a coisa ficou escandalosamente explícita. Amigos que fizeram juras de amor no passado, estão hoje em lados opostos. Outros, verdadeiros ingratos, que do nada se tornaram – graças ao prestígio do velho político – em nomes conhecidos da política no Distrito Federal, simplesmente ignoram o passado e atiram pedras nas costas do ex-governador. Sorrisos, abraços, compromissos, votos… tudo ficou para trás. O que vale agora é tão somente a busca desenfreada pelo poder, que atrai, trai e subtrai. Outros, já vendem “dossiês” e “informações” sobre os mais inusitados personagens da política brasiliense. Neste caso, há fatos incontestáveis que o horário eleitoral trará à tona no momento apropriado, e quando isso ocorrer, as novelas perderão seu charme, porque a vida apresentará um roteiro surreal. Pastores que sobem em seus pulpitos e omitem… mentem… e não contam o que andam costurando por aí. Ontem, ocorreu uma grande traição política na cidade e uma verdadeira arapuca estava preparada para enterrar a candidatura de um promissor político local. Na próxima semana contarei esta história neste espaço. Na política local, há “Judas”, “Calvário”, “Crucificação” e acreditem: “ressureição”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui