Transplante de órgãos

0
20

De férias, o secretário de Saúde, Rafael Barbosa, comemora os números dos transplantes no Distrito Federal. Nos próximos dias a Associação Brasileira de Transplante de Órgãos (ABTO) deve divulgar os dados do segundo trimestre de 2013. O DF continua no topo entre as unidades da federação em que mais se realiza o procedimento. De janeiro a junho foram 17 transplantes de coração, 169 de córneas, 53 de rim, e 26 de fígado. Com esse bom desempenho, acima da média nacional e de estados como SP, Brasília tem recebido pacientes de várias partes do país. Outra conquista foi o recebimento recente de uma aeronave para captação de órgãos. “É bom lembrar que só se faz transplante quando a saúde pública é de qualidade. Quando é ruim, não há condições físicas para um procedimento tão delicado como esse e também não há doadores, pois a confiança na rede traduz em solidariedade das famílias”, completa o secretário.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui