TRATAMENTO Hemocentro precisa de doações de sangue

0
9

 

Necessidade maior se concentra nos tipos ‘O’ negativo e positivo
PEDRO VENTURA/GDF

A Fundação Hemocentro de Brasília alerta para a necessidade do tipo de sangue “O”, tanto positivo quanto negativo, e pede para que os moradores do DF façam doações.

Segundo o órgão, as plaquetas (substâncias contidas no sangue) sobrevivem apenas quatro dias, e, por isso, as doações devem ser feitas com regularidade.

Essa parte do sangue ajuda, principalmente, pacientes que passaram por transplantes de órgãos ou por tratamentos contra o câncer.

O sangue coletado pelo Hemocentro é distribuído para outras unidades de saúde da capital do país, como os hospitais Universitário (HUB), das Forças Armadas (HFA), da Criança, além de hospitais da rede privada.

O doador deve estar saudável, ter entre 16 e 67 anos e pesar acima de 50 quilos. No ato do cadastro, é necessário apresentar documento oficial com foto válido em todo território nacional.

A doação pode ser agendada pelo telefone 160, opção 2 (Disque Saúde)

Dúvidas sobre doação de sangue podem ser esclarecidas pela páginawww.hemocentro.df.gov.br ou pelo próprio Disque-Saúde – 160, opção 2.

Agência Brasília

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui