MAIS
    HomeDistrito FederalÚltimo carro de JK retorna ao Memorial

    Último carro de JK retorna ao Memorial

    Ford Galaxie 500 foi reparado durante 90 dias nas dependências do Batalhão Logístico do Exército

    Após três meses de reformas, que devolveram sua cor e vigor originais, o Ford Galaxie 500, ano 1974, está de volta ao Memorial JK. Último carro do presidente que construiu Brasília, ele passou por uma pintura e reparação completa antes de ser reintegrado à sua tradicional vitrine, localizada na saída dos fundos do museu que reverencia a vida de Juscelino Kubitschek e sua maior obra: o surgimento de uma capital e de um novo Brasil em apenas cinco anos.

    O ex-presidente ficaria orgulhoso com o que foi feito. Com a ajuda dos membros do Veteran Car Brasília, que providenciou as peças, os membros do 16° Batalhão Logístico fizeram uma meticulosa restauração, que deixou o carro pronto para reviver seus bons tempos de asfalto. Não repetiu o trajeto entre a Fazendinha de Luziânia e Brasília, que era tradicionalmente feito por Juscelino. Mas circulou por locais que não existiam à época, como a Ponte JK.

    Passou por ela após desfilar, acompanhado por mais de 350 carros antigos, pelo Eixo Monumental, com o subtenente Claudir Fernandes ao volante. A responsabilidade do militar era grande, já que levava ao lado André Octávio Kubitschek, vice-presidente do Memorial JK, bisneto do ex-presidente e empresário. No banco traseiro, o preferido de Juscelino, pelo amplo espaço que permitia bons cochilos, estavam Anna Christina Kubitschek, presidente do museu e mãe de André, e o empresário Paulo Octávio, também dirigente do Memorial e pai do jovem executivo.

    Na volta, uma parada estratégica em frente ao Palácio do Planalto, carregada do simbolismo necessário para estas ocasiões especiais. Após as fotos com a família Kubitschek, o final do trajeto era a frente do Memorial JK, onde ocorreu a solenidade de entrega do automóvel – simples e objetiva, como manda o roteiro dos eventos em que o Exército Brasileiro participa.

    Após as chaves serem devolvidas à Anna Christna Kubitschek pelo general de divisão Ricardo Piai Carmona, representante do Exército na solenidade, coube à diretoria do Memorial condecorar personalidades que tornaram possível a nova restauração: o próprio general; o tenente-coronel Tibério Ferreira Figueiredo, comandante do 16° Batalhão de Logística; Nelisson Hoewell, presidente do Veteran Car de Brasília; Flavio Nogueira Noronha, coordenador da recuperação do carro; e Edenilton Silva Pacheco, da Mecânica Tech, um dos apoiadores da restauração. Todos receberam a Medalha do Mérito Memorial JK.

    Para o general Carmona, a participação do Exército na recuperação do Ford Galaxie 500 foi uma satisfação para o Comando Militar do Planalto. “Celebramos a reedição da restauração do carro que pertenceu ao ex-presidente. Sua primeira recuperação total foi realizada em 2010, também pelo 16° Batalhão Logístico, que realizou posteriores revisões pontuais aqui”, discursou. “Após 13 anos em sua cúpula de vidro, a gestão do Memorial JK entendeu que seria necessária uma recuperação nas partes mecânica e elétrica e na pintura do carro, sendo, mais uma vez, assinado um protocolo de intenções com o Exército Brasileiro”, completou.

    “O presidente Juscelino Kubitschek foi um verdadeiro estadista e visionário, sendo responsável pela idealização e construção de Brasília na década de 1950, enquanto esteve na presidência de nosso País. Cremos que, após a restauração promovida pelo Exército Brasileiro, por meio 16° Batalhão Logístico, temos uma relação de proximidade entre este Memorial, a sociedade e a nossa instituição, em um salutar convênio, cujo objetivo primordial é a preservação da história nacional e dos elementos físicos e imateriais que a envolvem”, concluiu o general.

    Representante do Memoriai JK, André Octávio Kubitschek agradeceu aos esforços do Exército. “Hoje, o veículo que pertenceu ao meu bisavô retorna ao acervo. Usado pelo ex-presidente em seus últimos anos de vida, o Ford Galaxie não só representa a lembrança do grande estadista, mas simboliza o espírito empreendedor e desenvolvimentista de JK, que alavancou nossa indústria nacional, o que gerou empregos e fomentou nossa economia”, avaliou.

    “Este Ford Galaxie pode ser considerado um herdeiro das realizações econômicas de JK. Hoje, comemoramos não apenas a revitalização de um objeto histórico, mas relembramos momentos importantes, derivados da política econômica da gestão Juscelino Kubitschek. Este é um momento de reflexão pelos avanços, conquistas e realizações que o Brasil atingiu por meio do Plano de Metas de JK, que proporcionou um salto econômico, humano e social, alavancando nosso País, atraindo empresas e negócios e gerando emprego e renda para milhões de brasileiros. Este é o legado do meu bisavô e o carro simboliza uma parte deste mandato, que fez o Brasil ter 50 anos de progresso em cinco de governo”, concluiu.

    LEAVE A REPLY

    Please enter your comment!
    Please enter your name here

    Deve ler

    spot_img