UM GENRO DO BARULHO

2
13

Enquanto o Brasil está paralisado na folia do Carnaval, o grupo rorizista deve estar fazendo cálculos políticos depois que apareceu um novo vídeo de Durval Barbosa com imagens da deputada Jaqueline Roriz (PMN-DF) ao lado do marido, Manoel Neto, recebendo dinheiro.

Abatido pela derrota eleitoral de 2010, enquadrado na Lei da Ficha Limpa, Joaquim Roriz coleciona problemas desde que uma conversa dele foi interceptada durante a Operação Aquarela e ele foi obrigado a renunciar ao mandato no Senado em 2007 para escapar da cassação.

O risco político agora cerca a filha do meio, Jaqueline Roriz, eleita deputada federal, a principal herdeira do rorizismo.

Existe argumentação jurídica para tranquilizar Jaqueline. Há precedentes no Congresso que impedem abertura de processo por quebra de decoro parlamentar em virtude de fato ocorrido antes da posse, como é o caso. O vídeo foi gravado em 2006 quando Durval era secretário de Relações Sindicais do DF.

O problema é o desgaste daqui para frente. E se outras denúncias surgirem?

Roriz nunca gostou do genro Manoel Neto. Acha que ele é ambicioso demais. Peca demais. É vulnerável.

Agora toda a imprensa do país, Polícia Federal e o Ministério Público vão voltar os olhos para o genro de Joaquim Roriz. Será que ele resiste a uma investigação?

Fonte: Blog da Ana Maria Campos

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui