AO MENOS UM NOVO AMOR…

2
3

Ex-político da capital que viveu dias muito difíceis desde 27 de novembro de 2009, continua atordoado achando que tudo não passou de uma orquestração,  um plano maquiavélico para derrubá-lo.

Em 2011, ainda caminha triste, quase que sem rumo, e procura  pelo menos por um novo amor. Mas não está fácil. O homem não tem  jeito mesmo. E não adianta nem mandar flores nem mesmo um Novo Uno.

Afinal, dinheiro não compra  tudo o que se deseja, principalmente o coração de uma jovem mulher.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui