Uma ajuda do PMDB de Filippelli para tentar livrar Sandra da cassação?

0
17

O deputado distrital Wellington Luiz (PMDB) foi o escolhido para relatar a ação contra a deputada Sandra Faraj (SD) no âmbito da Mesa Diretora. Se o peemedebista der mesmo o “sim”, os colegas acreditam que o parecer dele deve ser pelo arquivamento da ação protocolado pela ONG Adote um Distrital.

Desde julho de 2016, Sandra Faraj e seu irmão Fadi Faraj, têm mantido constante contato com o presidente regional do PMDB, Tadeu Filippelli, à quem querem vê-lo no Buriti em 2018.

A suspeita é que o clã Faraj tenha recorrido à providencial colaboração de Filippelli no sentido de fazer com que Wellington faça um relatório que ‘salve’ a distrital envolvida num turbilhão de denúncias de ex-funcionários de seu gabinete. Candidato a governador, Filippelli estaria de olho nos votos da igreja de Fadi e Sandra, Ministério da Fé.

Wellington é distrital pelo PMDB e ferrenho opositor ao governo de Rodrigo Rollemberg. Tanto Filippelli quanto Wellington deram expressivo apoio para a eleição de Joe Vale para presidir a Câmara Legislativa. E tanto Wellington e Sandra fazem parte da atual Mesa Diretora.

Está todo mundo de olho no relatório de Wellington Luiz.

 

 

Fonte: Donny Silva