URNA EM COLÉGIO DO LAGO SUL REGISTRA VOTO, MESMO SEM ELEITOR TER VOTADO

0
9

Do Correio Braziliense/Ary Filgueira

O eleitor Carlos Henrique Borba Leal, 54 anos teve uma surpresa ao tentar votar no Colégio Mackenzie, Lago Sul, na tarde deste domingo (31/10). Ao chegar a sessão 120, zona 18, o maquiador entregou seu título e, após verificação por parte dos mesários, ele foi informado de que seu voto já havia sido computado.

Uma juíza foi chamada ao local para tentar resolver o problema. A urna foi reiniciada, mas da mesma forma, constava o voto de Carlos Henrique no sistema. Nenhuma providência foi tomada após o ocorrido. “Infelizmente perdi meu direito de votar”, reclamou o eleitor.

Agressão

Os ânimos dos militantes da coligação do candidato Agnelo Queiroz estavam exaltados no local e tentaram impedir a equipe do Correio de tirar fotos. A Polícia Militar foi chamada e garantiu a liberdade de imprensa do repórter fotográfico.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui