Verdades e mentiras da política

    0
    9

     

    Patrício quer ser corregedor da Câmara, Celina em novo embate com Chico Vigilante e Cristiano fora dos planos do GDF

    Por Carlos Honorato

    1 – O GDF decretou uma intervenção no Grupo Amaral, que integra o sistema de transporte público do DF. A medida sinaliza que o governo não vai mais suportar abusos das empresas de transporte coletivo. O Grupo Amaral estaria levando seus ônibus para a região do Entorno e prejudicando algumas cidades do DF.

    2 – Governistas contam que a intervenção no Grupo Amaral e a licitação das linhas de ônibus do DF mostra uma nova postura do GDF em relação ao sistema de transporte público do DF. Pode render muitos votos.


    3 – Graduados petistas garantem que a vaga ao Senado deverá ser usada para negociação visando à eleição de 2014. Assim, o secretário Geraldo Magela deverá disputar à reeleição para deputado federal pelo PT.

    4 – Caso tal fato seja verdadeiro, as chances do senador Gim Argelo (PTB) conseguir entrar na chapa de Agnelo/Tadeu Filippelli crescem. O problema todo é o chamado “fogo amigo”.

    5 – Já outros petistas dizem em alto e bom som que ficar discutindo chapa paras eleições de 2014 é um “grande erro”. E arrematam: “o momento é de governar”.

    6 – A Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara Legislativa perdeu parte de seu status de poder depois que passou a ser a última comissão por onde tramitam os projetos apresentados ao Legislativo. Com caráter terminativo quanto ao futuro das propostas, a comissão era a primeira a avaliar todas as proposições.

    7 – O mesmo aconteceu com a Comissão de Economia, Orçamento e Finanças (CEOF). Desde o ano passado, o governo, por meio de projeto aprovado pelos parlamentares, deu ao Executivo a prerrogativa de remanejar até 25 % de seu orçamento sem a interferência imediata do Legislativo.

    8 – Já a desejada Comissão de Assuntos Fundiários terá papel importante na apreciação de projetos como o PPCUB e o LUOS, fundamentais para definir o futuro das terras de Brasília e do DF.

    9 – O governador de Goiás, Marconi Perillo (PSDB), resolveu mudar a sua equipe de comunicação. O primeiro a sair foi o presidente da Agecom, José Luiz Bittencourt Filho, que já vinha com um grande contencioso com os veículos de comunicação. Quem assume interinamente a Agecom é o diretor administrativo-financeiro Luís Siqueira. 

    10 – Adversários de deputado federal Luiz Pitiman (PMDB) garantem que ele é o candidato preferido de muitos empreiteiros para a eleição de 2014. Resta saber por qual partido já que o PMDB está na coligação de Agnelo Queiroz com o vice Tadeu Filippelli.

    11 – O deputado Raad Massouh (PPL) está em maus lençóis. Até agora não conseguiu qualquer deputado aliado que queira se comprometer a analisar o processo disciplinar que tramitará contra ele na Câmara Legislativa. Alguns de seus pares acham que Raad não conseguiu consolidar uma boa relação com seus pares. 

    12 – Tem gente apostando em uma possível coligação com PSDB/PSD/PPS/DEM e PMDB para 2014.  Caso tal fato aconteça, o PT poderia enfrentar dificuldades nas próximas eleições.

    13 – Pensando bem, o problema do governador Agnelo Queiroz na Câmara Legislativa piorou muito.

    14 – Antes, Agnelo Queiroz teve dificuldade, mas conseguiu eleger o deputado Wasny de Roure (PT) para a presidência da Câmara Legislativa por unanimidade.

    15 – O curioso agora é que tem dificuldade de reunir três votos para eleger os presidentes das comissões.

    16 – Um novo embate promete esquentar as diferenças entre os distritais Chico Vigilante (PT) e Celina Leão (PSD). Os dois estão de olho na Comissão de Assuntos Sociais da Câmara Legislativa. O petista, que não é bobo, já arrebanhou votos dos colegas governistas. A votação deve acontecer na sessão desta terça-feira.

    17 – Depois de uma longa conversa com o presidente nacional do PSDB, Sérgio Guerra, Márcio Machado recebeu a missão de comandar o processo eleitoral do partido no DF.

    18 – Tem muitos aliados do deputado federal Luiz Pitiman (PMDB) se filiando ao PSDB. Será que ele sonha em mudar de partido para disputar o Buriti?

    19 – O ex-presidente da Câmara Legislativa, deputado Patrício (PT), pouco tem aparecido nas sessões da Casa. Para algumas pessoas próximas, o petista garante que quer uma reaproximação com seu eleitorado após os dois anos no comando do Legislativo local. 

    20 – O governo trabalha pelo adiamento das votações das comissões da Câmara Legislativa. A versão que circula é que o Buriti não deseja que a presidência da CAF seja ocupada pelo deputado distrital Cristiano Araújo.
    21 – A maior dor de cabeça do governo na Câmara Legislativa é o ex-presidente Patrício. Tudo porque ele deseja ser o corregedor da Câmara para investigar o deputado Raad Massouh (PPL). Vai levar o caso para o plenário.

    22 – O PPS-DF, que já dava como certa a filiação da distrital Celina Leão, não sabe o que fazer. Depois que a parlamentar assumiu a liderança do PSD, como ficará a legenda que perdeu todos os seus distritais para o PE
    N?

    23 – Ainda nas negociações para o comando das comissões da Câmara Legislativa, a deputada distrital Liliane Roriz (PSD) deve assumir a presidência da Comissão de Educação e Saúde. Roney Nemer ficará com a de Orçamento e Finanças.

    24 – Tem governista jurando que a performance do governador Agnelo Queiroz melhorou muitos nas últimas pesquisas internas do governo.

    25 – Rola um comentário muito curioso na cidade. O sargento e araponga do esquema Cachoeira, Idalberto Matias, estaria pronto para fazer revelações com vazamento de fitas que poderiam provocar desconforto em muita gente graduada no DF.

     

    Fonte: Blog do Honorato

     

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui