VERGONHA! Frentes Parlamentares Evangélicas divulgam Nota de Repúdio contra Lula – e só

Em tom ameno, com excessos de cuidados no trato (mesmo diante de escândalo internacional), nesta segunda-feira (19) as Frentes Parlamentares Evangélicas da Câmara dos Deputados e do Senado Federal divulgaram conjuntamente nota de repúdio contra as graves acusações feitas pelo presidente do Brasil, Luiz Inácio Lula da Silva (PT) contra Israel.

Evangélicos brasileiros são conhecidos por defender e amar Israel. Por isso milhões de brasileiros visitam a Terra Santa anualmente. Esperava-se mais de nossos representantes no Congresso Nacional, mas muitos foram cooptados pelo atual desgoverno petista que agora não esconde mais que é comunista!

Muitos políticos trocaram a Bíblia por cargos e assistem de dentro de seus confortáveis gabinetes aos constantes ataques à Israel protagonizados por esquerdistas comunistas inimigos de Israel. Atualmente existem pastores que atuam fortemente na defesa do Brasil e, agora, de Israel, enquanto parlamentares fingem demonstrar alguma indignação contra a explícita perseguição do governo lulista a conservadores e Israel.

Os parlamentares evangélicos deveriam, ao invés de uma simples nota de repúdio (que de nada adianta diante do cinismo esquerdista), mostrar honradez, conhecimento bíblico, patriotismo e assinar imediatamente o pedido de impeachment de Lula que já conta, em 24 horas, com cerca de 90 assinaturas. Chegou a hora de separar os homens dos meninos! É preciso defender Israel, que sempre manteve ótimas relações comerciais e de amizade com o Brasil.

“Brasil ultrapassou a linha vermelha”, afirmou o primeiro-ministro Benjamin Netanyahu após Lula comparar as operações em Gaza ao extermínio de judeus promovido por Hitler.

Ainda nesta segunda-feira (19), Lula foi declarado persona non grata pelo governo de Israel, após comparar as ações do exército israelense na Faixa de Gaza com a campanha de Adolf Hitler para exterminar os judeus no Holocausto.  Segundo o ministro de Assuntos Internacionais de Israel, Israel Katz, Lula é uma “personalidade indesejável em Israel até que ele peça desculpas e se retrate de suas palavras”. Lula avisou que não vai se retratar.

NOTA DE REPÚDIO

As Frentes Parlamentares Evangélicas do Congresso Nacional e do Senado Federal repudiam as palavras mal colocadas de Sua Excelência, o Presidente da República, Sr. Luís Inácio Lula da Silva, proferidas neste domingo (18) pelas razões a seguir.

1 – Comparar os ataques de Israel ao Hamas com o nazismo que vitimou 6 milhões de judeus “INDEFESOS” é provocar um conflito ideológico desnecessário;

2 – Com a ressalva do respeito às pessoas que innocentemente morrem, Israel, ao contrário de Hitler, está exercendo o seu direito de sobreviver diante de um grupo com o objetivo de eliminar os judeus;

3 – outrossim, não é justo exigir que uma nação se mantenha passiva diante de um ataque covarde que estupra e mata, jovens, idosos e crianças das formas mais horríveis, e continua com a politica de se esconder atrás de reféns, civis e inocentes.

Finalmente, a FPE respeita a presidência da República, mas entende que verbalizações desequilibradas, além de não representarem o pensamento da maioria dos brasileiros, comprometem a política internacional de forma desnecessária.

Frente Parlamentar Evangélica do Congresso Nacional

Senador Carlos Viana

Presidente da FPE no Senado Federal

 

Deputado Eli Borges

Presidente da FPE no Congresso Nacional

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui