‘A impressão que se passa é a de que existe uma vontade de atrapalhar apenas’, afirma o secretário de Educação do DF sobre o SINPRO

0
7

Foto: Reprodução

 

Em entrevista concedida a blogueiros ontem (30), o secretário de Educação do DF, Rafael Parente, falou sobre a relação da pasta com a categoria educacional, incluindo o Sindicato de Professores (SINPRO-DF), que representa o segmento. “Em geral, a relação tem sido boa, muito melhor do que a experiência que tive no governo do Rio de Janeiro. Lá, o relacionamento era bastante complicado. Aqui no DF há um diálogo melhor. Porém, não vou deixar de dizer que o sindicato não atrapalha em alguns aspectos, afirmou o secretário.

Como exemplo, Rafael mencionou o caso da Escola Classe 52 de Taguatinga. “Durante o primeiro semestre, fizemos de tudo para encontrar um local adequado. No final das contas, a coordenação regional, em conversa com os pais e professores, decidiu que seria melhor separar a escola em salas improvisadas em dois centros educacionais da região, após a promessa que fiz de resolver a reconstrução rapidamente. Enquanto isso, o sindicato disse que é tudo mentira, que não vamos fazer a obra etc. Nesse caso, a impressão que se passa é que existe uma vontade de atrapalhar apenas”, revelou Prudente.

Durante o encontro, o secretário apresentou um balanço feito por sua gestão à frente da SEDF, além de responder às perguntas formuladas pelos blogueiros presentes na coletiva.

 

 

 

Fonte: Blog do Fred Lima

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui