AMEAÇADO, DURVAL RECUOU

1
7
Durval Barbosa pediu para adiar seu depoimento.
Deu em O Globo

Mensalão do DEM – Ameaçado, Durval recuou

 

Com uma série de ameaças nos bastidores, os aliados do governador José Roberto Arruda (ex-DEM) conseguiram adiar a ida do ex-secretário de Relações Institucionais Durval Barbosa à CPI da Câmara Legislativa que investiga o mensalão do DEM no DF. Intimidado, o homem-bomba do escândalo enviou ofício pedindo que seu depoimento, que estava previsto para hoje, seja marcado em “data futura”. A manobra irritou a oposição, que esperava novas denúncias contra o grupo de Arruda. 

 Em recados enviados a Durval nos últimos dias, os governistas prometeram contra-atacar com dossiês sobre sua atuação como presidente da Companhia de Planejamento do DF (Codeplan) no governo de Joaquim Roriz, hoje no PSC.

 O ex-delegado responde a mais de 30 ações por supostos desvios no período. As denúncias contra Durval viraram munição para os aliados de Arruda, que se disseram prontos para botá-lo contra a parede na CPI.  Nos próximos dias, Durval Barbosa deve tentar um acordo para que os governistas não citem, durante seu depoimento à CPI, as denúncias da época do governo Roriz. 

Em troca, os aliados de Arruda teriam a garantia de um depoimento sem novidades, no qual o ex-secretário se limitaria a confirmar o que já disse no inquérito sobre o caso no Superior Tribunal de Justiça.

 Leia mais em O Globo

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui