“As pessoas precisam receber dinheiro para a campanha”, afirmou Flávia Arruda em 2010

0
87

Em 9 de março de 2010, Flávia Arruda (foto), mulher do então governador afastado do Distrito Federal José Roberto Arruda (ex-DEM), disse  não ter se surpreendido com as imagens do marido flagrado recebendo dinheiro do ex-secretário de governo Durval Barbosa.

Em vídeo, Arruda aparece recebendo pacote de dinheiro das mãos do delator Durval Barbosa

– Não me surpreende em nada porque eu sei que todo mundo recebe, e que a política no Brasil é assim. As pessoas precisam receber dinheiro para a campanha.

Nesse dia,  foi a primeira vez que Flávia falou com a imprensa desde que Arruda foi preso, no dia 11 de fevereiro daquele ano.

– O dinheiro dele está declarado.

Flávia disse que as imagens foram gravadas numa fase anterior ao seu casamento com Arruda, durante a pré-campanha dele ao governo do DF.

– O único prejudicado nessa história é ele.

Ela disse ter perdido quatro quilos desde que o marido foi preso. Arruda foi solto após 61 dias preso na carceragem da PF em Brasília.

De lá pra cá muita coisa mudou na vida de Flávia Arruda, que virou deputada federal em 2018, nada falou sobre a prisão em segunda instância e que virou em 2021, com amplo apoio de Valdemar da Costa Neto e do Centrão, ministra-chefe da Secretaria de Governo da Presidência da República.

Mas será que ela mudou de pensamento sobre “todo mundo recebe”?

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui