Assessoria de Benedito Domingos divulga nota

4
11

 

O desmembramento do julgamento sobre as ornamentações natalinas, do ano de 2008, em que são acusados agentes políticos e familiares do deputado distrital Benedito Domingos, onde os últimos são réus em primeira instância, quebrou a unidade do processo e levou o Tribunal de Justiça do Distrito Federal a ultra dimensionar e concentrar o processo apenas na pessoa do parlamentar.

Vale dizer que houve ausência no trato aos demais agentes políticos, que deveriam ter sido julgados juntamente com Benedito. Tendo este fato, levado à valoração excessiva e quase que exclusiva pelo Tribunal no depoimento de Durval Barbosa, o que prejudicou apenas Benedito Domingos.

O Tribunal, também, por maioria, desconsiderou a ausência de provas e a inexistência do crime de corrupção ativa.

A defesa postulará recurso junto ao próprio Tribunal, por meio dos “embargos de declaração” e “embargos infringentes”, recurso especial perante ao Superior Tribunal de Justiça e extraordinário junto ao Supremo Tribunal Federal, respectivamente.

Só haverá condenação para produção de efeitos penais e extra penais após o trânsito em julgado da condenação destinada. Desta feita, acredita-se que a Câmara Legislativa do Distrito Federal, como uma verdadeira Casa de Leis, aguarde a ocorrência do efetivo trânsito em julgado para, assim, tomar qualquer providência em relação ao distrital.

 

 

Assessoria do deputado distrital Benedito Domingos

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui