CÔNSUL QUE CHAMA EMBAIXADOR DE “IDIOTA” GANHA CARGO EM BRASÍLIA

0
12

O ministro Américo Dyott Fontenelle, que ocupou o cargo de cônsul-geral em Sydney, na Austrália, é acusado de assédio moral e ganhou notoriedade ao chamar o embaixador do Brasil naquele país, Rubem Correa Barbosa, de “idiota” já está de emprego novo.

 

Sem qualquer represália e exaltado pelo atual comando do Ministério das Relações Exteriores, Fontenelle foi empossado na Assessoria Especial de Assuntos Federativos e Parlamentares (Afepa) do órgão. Ele está todo cheio de si, sentindo-se como um herói.

 

As acusações de assédio moral contra Fontenelle vêm de longe. Em Toronto,  no Canadá, ele fez o diabo contra os funcionários do consulado local. Há gravações mostrando uso de palavrões impublicáveis. Para não dizer que não fez nada, o Itamaraty abriu um Processo de Apuração Ética (PAE) contra o cônsul, mais suave que um Processo Administrativo Disciplinar (PAD). Ele foi suspenso por 90 dias e, depois, ficou à disposição do Departamento de Pessoal.

 

Procurado, o Itamaraty não se pronunciou.

 

Fonte: Blog do Vicente

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui