DISTRITAIS PREOCUPADOS

1
6

Às vésperas das eleições indiretas, muitos distritais que traíram o ex-governador José Roberto Arruda se mostram preocupados.

Eles tinham certeza de que Arruda ficaria mais algum tempo na prisão, mas não os ‘planos’ não saíram de acordo com o imaginado. Arruda saiu ontem e teve muito tempo para deduzir quem agiu de maneira, digamos, ingrata e ‘incompatível’ com ele.

Ontem à noite, cinco deputados que tiveram muito prestígio no governo de Arruda, discutiram sobre os efeitos de uma possível metralhadora giratória do ex-governador, ao querer fazer, por exemplo, uma eventual delação premiada. Angustiado, o grupo não sabe que o fazer e pior: sabe que Arruda os têm literalmente em suas mãos, e se abrir a boca, a tendência é que muita gente corra o risco de perder o mandato.

Arruda não quer interferir nas eleições indiretas. Mas também não quer apoiar aqueles que lhe deram as costas assim que se apresentou à Polícia Federal.

Ao chegar em sua casa no Park Way, o ex-governador chorou, rezou e cantou cânticos de agradecimento junto com a esposa Flávia, parentes e amigos. Vai aproveitar a liberdade para ‘por a cabeça no lugar’ e refletir sobre o que fez, o que não fez e o que fará daqui pra frente.

Arruda volta ao cenário. Ele sabe muito e os deputados sabem disso. Não é à toa que muitos políticos não dormiram direito. Afinal, se Arruda resolver contar tudo o que fez para manter sua base na Câmara Legislativa nos últimos anos, não restará pedra sobre pedra.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui