FESTA DA VITÓRIA TERMINA SEM DILMA E COM PÚBLICO MENOR QUE O ESPERADO

1
10

Do Correio Braziliense:

Festa da vitória termina sem Dilma e com público menor que o esperado

 

Sem a presença da presidente eleita Dilma Rousseff (PT), a festa na Esplanada dos Ministérios acabou servindo para comemorar a eleição de Agnelo Queiroz, também do PT, que, a partir do ano que vem assume o Palácio do Buriti.

A previsão de que 10 mil militantes participassem das comemorações, mas o número ficou em 7 mil, segundo a Polícia Militar. Por volta das 23h, o governador eleito Agnelo Queiroz (PT) chegou à festa da vítória petista. No entanto, Tadeu Filippelli (PMDB) foi o primeiro a discursar. Sob vaias, o vice-governador eleito disse que a luta foi correta.

“Vamos vencer o preconceito e a intolerância. Muitos dos nossos adversários não entenderam a aliança que fizemos”. Em seguida, foi a vez de Agnelo. “A primeira palavra é de agradecimento a essa militância e ao povo do DF, que confiou na gente. Esse grito estava na nossa garganta. Não tenho dúvidas de que foi o desejo de mudança que nos colocou de novo no caminho da ética, da transparência e da recuperação dos serviços públicos”, afirmou.

Logo depois, foi interrompido por gritos de “Roriz nunca mais”. Agnelo acompanhou os militantes na palavra de ordem. “Esse brado significa o rompimento desses 14 anos para um novo caminho no DF. Não tenho dúvidas de que a mudança chegou, a esperança venceu a violência, a mentira, a desonestidade e a corrupção”, ressaltou.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui