GDF CONSIDERA ATITUDE DE EX-FUNCIONÁRIO UMA TENTATIVA DE EXTORSÃO

1
7

Em nota oficial divulgada na tarde de ontem (4/2) o Governo do Distrito Federal (GDF) afirmou que a prisão do ex-funcionário Antônio Bento, na manhã de ontem, é “mais uma tentativa de armação do grupo de Durval Barbosa para comprometer o GDF e turvar as investigações”.

As suspeitas são de que Bento estaria com dinheiro para subornar Edson Sombra, jornalista ligado ao ex-secretrário de Relações Institucionais Durval Barbosa, que denunciou o suposto esquema de corrupção no Distrito Federal. Sombra teria posse de todos os vídeos gravados por Durval, que desencadearam a Operação Caixa de Pandora, da Polícia Federal.

O GDF repudiou “as insinuações divulgadas” e negou “qualquer envolvimento com este lamentável episódio”. Na nota, o GDF afirma que Antônio Bento trabalha para o jornalista Edson Sombra no jornal “O Distrital”, de propriedade deste, onde ocupa o cargo de Diretor Comercial. Antônio Bento também é membro do Conselho Fiscal do metrô, cargo para o qual teria sido indicado em 2007 pelo grupo de Durval Barbosa.

Ainda de acordo com nota oficial , nos últimos 15 dias, “o Sr. Antônio Bento procurou insistentemente o GDF, primeiro com o pedido de um encontro entre o jornalista Edson Sombra e o governador Arruda; e, a seguir, com pedido de patrocínio para o referido jornal. Todos os pedidos foram negados”. Fonte: Correio Braziliense

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui