Gim e Delcídio: Entre recebedores, ex-assessores de Arruda, um radialista e pessoas próximas a Roriz

0
8

Ainda mais

POR CELSON BIANCHI – JORNAL ALÔ BRASILIA/REPRODUÇÃO –

O ex-senador Gim Argello prestou depoimento à força-tarefa da Operação Zelotes, da Polícia Federal, que apura irregularidades do Carf. A coluna teve acesso com exclusividade ao teor do documento. Argello foi questionado sobre a denúncia de que teria participado de um suposto esquema de venda de Medidas Provisórias, que teriam pesado facilmente pelo Senado. Ele respondeu aos investigadores que, de fato, atuou na aprovação da MP que beneficiou montadoras de veículos, mas justificou que fez isso “porque a medida ajudaria o DF e o Entorno” com a geração de emprego e renda. …

 

A propósito, um dos anexos da delação premiada do senador Delcídio do Amaral (PT) é todo dedicado a atuação do ex-senador Gim, na época em que foi vice-presidente da CPI da Petrobras. Delcídio dá detalhes dos valores que Gim teria pedido a empreiteiros para não convocá-los a depor na Comissão. O senador petista também contou quem eram as pessoas indicadas pelo ex-senador do DF para o recebimento de valores. Entre eles estão dois ex-assessores do ex-governador Arruda, um radialista e pessoas próximas da família Roriz.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui