Luis Miranda conduz aprovação da MP que organiza Polícia Civil do DF

0
29

A Câmara dos Deputados aprovou a Medida Provisória 1014, editada para corrigir pendências na estrutura administrativa da Polícia Civil (PCDF). O relator da matéria, deputado Luis Miranda (DEM-DF), por meio da aprovação de um projeto de lei de conversão, incluiu a garantia de assistência à saúde dos policiais, uma das maiores demandas da corporação. A votação foi concluída na noite desta quarta-feira (5 de maio).

Miranda havia preparado um parecer que atendia as principais demandas da PCDF, discutidas em reuniões com os sindicatos e o governo do DF, mas que não foram apoiadas pela base do governo na Câmara. Com o impasse, a medida – considerada fundamental para a organização do órgão – corria risco de caducar. Para evitar que o texto perdesse a validade, o parlamentar apresentou um relatório mais enxuto, que seguiu aprovado no plenário da Casa e será encaminhado ao Senado.

“Vou encaminhar todo o nosso trabalho ao Senado e articular novas conquistas. A classe política precisa entender a importância desses policiais, que enfrentaram esta pandemia desde o primeiro dia. Que deixam suas famílias em casa para proteger as nossas famílias. O mínimo que devemos oferecer são condições dignas”, alertou Miranda.
Diante do impasse causado pela discordância quanto as demandas incluídas em seu relatório, o parlamentar ainda tentou a aprovação de uma emenda que daria poderes ao governo local para gerir a organização da PCDF. A medida não foi aprovada.

“Essa não é uma bandeira política. É uma questão de justiça. Sei quem estou defendendo e pelo que estou trabalhando. As forças de segurança do DF têm um gabinete às ordens. Não vamos desistir do que acreditamos”, finalizou Miranda.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui