MÁQUINA PETISTA INFILTRADA NAS REDAÇÕES TENTA TRANSFORMAR VEXAME DO PT EM SP EM VITÓRIA!

1
6
ELEIÇÕES 2010
Máquina petista infiltrada nas redações tenta transformar vexame do PT em SP em vitória!

Do blog de Reinaldo Azevedo

 Se vocês pensam que os “analistas” e “especialistas” filopetistas vão descansar, não vão, não. Trabalharão arduamente para “derrotar” o tucano José Serra antes das urnas porque agora virou uma questão de honra. É preciso que digam ao fim de tudo: “No geral, acertamos; sempre dissemos que ele perderia”. Então vão fazer o que têm feito nos últimos dois anos. O esforço é tal que já estão anunciando graves problemas para o PSDB de São Paulo e o que chamam “mudança do eleitorado” ou “necessidade de renovação”. É impressionante. E qual é a base verossímil sobre a qual mentem?

O tucano Geraldo Alckmin elegeu-se governador, em primeiro turno, com 50,63% dos votos. Menos de 1%, pois, o separou da realização de um segundo turno. E então o coro dos “petófilos” entoa a ladainha: “Ih, olhem a fadiga de material aí…” Até parece que Alckmin venceu a eleição por 0,63 ponto disputando um segundo turno com Mercadante. Não! Ele venceu por essa margem no primeiro, feito QUASE inédito.

Desde quando existe segundo turno, só um governador havia sido eleito na primeira rodada: José Serra, em 2006. Mário Covas disputou a segunda rodada com Francisco Rossi em 1994. No primeiro turno, ficou com 46,84% dos votos. Em 1998, em razão do forte programa de saneamento das finanças do estado, que estavam destruídas, a derrota de Covas na disputa pela reeleição era dada como certa. Atenção! Naquela disputa, no primeiro turno, Paulo Maluf obteve 32,12% dos votos; Covas, 22,95%, e Marta, do PT, 22,5%. Apenas 70 mil votos separaram o tucano da petista.

Com a morte de Covas, Geraldo Alckmin assumiu o governo e disputou a reeleição em 2002. E não levou no primeiro turno, não. Disputou o segundo com o petista José Genoino, na chamada Onda Vermelha que elegeu Lula: na primeira rodada, o tucano teve apenas 38,38% dos votos, contra 32,45% do petista .

José Serra foi, então, o primeiro governador a vencer uma disputa no primeiro turno. Vinha de uma prefeitura muito bem avaliada, tinha sido candidato à Presidência em 2002, ministro da Saúde com sólidas realizações etc. Venceu fácil, com 57,93% dos votos válidos.

Viram a trajetória? Qual vinha sendo a regra? Resultado no primeiro ou no segundo turno? A excepcionalidade era a vitória de Serra na primeira etapa, feito agora repetido por Alckmin, com vantagem menor é verdade. Mas comparem os votos que o tucano obteve agora com os obtidos em 1998.

Bobajada
A máquina de propaganda petista, infiltrada nas redações como nunca antes na história destepaiz, está tentando transformar em vitória a óbvia derrota do PT e de Lula no Estado, revelada também no vexame protagonizado no Senado — ainda voltarei a este particular.

Alckmin vence no primeiro turno enfrentando a campanha eleitoral mais vigarista de todos os tempos feita neste estado, que tentou transformar virtudes do governo de São Paulo — como a segurança pública, a educação e as estradas — em defeitos. Ademais, o lulo-petismo tinha três candidatos: além de Mercadante, Celso Russomano e Paulo Skaf. No apoio, a histeria anti-PSDB dos nanicos de extrema esquerda.

Apesar da chamada onda vermelha, apesar de Lula,  apesar da campanha deliberada para esmagar “esse sujeito” — como Lula se referiu a Alckmin três dias antes da eleição —, os tucanos bateram de novo o PT no primeiro turno. E, de novo, Lula perdeu a eleição em São Paulo, como perdeu em 1989, 1994, 1998, 2002 e 2006.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui